Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Vereador explica os motivos de ter votado contra o orçamento

A Folha da Região publicou em seu site no dia 18/12/2012 o video com a entrevista do nosso Nobilíssimo Vereador Doutor Cristiano Salmeirão justificando a palhaçada do veto ao Orçamento de 2010 para o município de Birigui. Comento abaixo:

O vereador de Birigui, Cristiano Salmeirão, explicou porque a Câmara de Vereadores votou contra o orçamento para 2010.

Respondendo a pergunta de Arnon Gomes, após a constatação de que nada de errado havia no Orçamento que justificasse o veto, o Nobilíssimo Vereador Doutor Cristiano Salmeirão responde "Nós temos que ser sinceros nesse momento, até para com toda a sociedade, é uma questão política sim..."
Descaradamente, o Nobilíssimo Vereador Doutor Cristiano Salmeirão deixa claro que não se trata de fiscalização (função precípua dos vereadores), mas de uma chantagem descabida e inapropriada para ingerir na gestão do município que, mesmo com o egocentrismo do prefeito sempre lembrado pelos vereadores, está entre as dez melhores do país. Na ocasião, o Nobilíssimo Vereador Doutor Cristiano Salmeirão também afirmou que se tratava de uma forma de impedir o cancelamento do Consórcio Intermunicipal de Saúde.

Nesse ponto reproduzo abaixo a nota do site da prefeitura de Birigui explicando os motivos pelos quais o Cimsa (Consórcio Intermunicipal de Saude) deixou de ser interessante para a cidade de Birigui em resposta a fraca justificativa dos vereadores ao se posicionar contra:

16/11/2010 - Nota de Esclarecimento sobre a retirada do CIMSA
Secretaria de Saúde


Considerando que o município de Birigui tem investido pesadamente na expansão da Rede Municipal de Saúde (Projeto e Implantação do Centro de Especialidades Médicas, Clínica de Fisioterapia e o atendimento especial às crianças), circunstância que limita a disponibilidade financeira para a saúde municipal na contratação dos serviços do Consórcio;


Considerando o recém-criado AME (Ambulatório Médico de Especialidades) mantido pelo Governo do Estado na cidade de Araçatuba-SP tem suprido mais de 50% (cinquenta por cento) da demanda anteriormente atendida pelo CIMSA;
Considerando que hoje a demanda por cirurgias gerada pelos profissionais médicos que atendem pelo CIMSA é muito alta e que o município de Birigui tem tido dificuldade para atendê-la, o que denota um índice de resolubilidade abaixo do esperado por parte do Consórcio e, implica em aumento das despesas já elevadas para o erário público municipal na saúde municipal;
Considerando em fase das dificuldades financeiras da Santa Casa de Misericórdia de Birigui que já advém de longa data, a administração municipal de Birigui e a administração do Hospital sempre tentaram junto ao grupo de Prefeitos, um acordo para que os municípios que eles representam e utilizam do hospital, contribuíssem com uma quantia mensal para a entidade em questão e que nunca obtivemos apoio;
Considerando que esta situação de omissão dos demais municípios em relação ao hospital onera por demasia os cofres municipais, haja visto, que atualmente repassamos a título de subvenção mais de quatro milhões de reais por ano;
Considerando que por conta das dificuldades financeiras e operacionais advindas do somatório de todas as ações relativas aos fatos acima narrados, a participação de Birigui no Consórcio restou impraticável para a administração municipal, haja visto que até então, não foi possível encontrar soluções que fossem ideais para todos os consorciados;
Resolve:
Comunicar sua decisão de não mais participar do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Microrregião de Birigui-SP., desejando retirar-se no prazo de 60 (sessenta) dias, nos termos do artigo 11 da Lei Federal 11.107 de 06 de abril de 2005 que dispõe sobre as normas gerais de contratação de consórcios públicos e dá outras providências no que tange à forma e, ao Estatuto do Consórcio no que diz respeito ao prazo para comunicar a saída.
Informamos ainda, a toda população biriguiense que as especialidades oferecidas pelo CIMSA, serão oferecidas pelo Centro de Especialidades de Birigui-SP (serviço próprio), além de outras especialidades que não são atendidas pelo CIMSA, como por exemplo, cirurgião vascular, acupunturista, fisioterapeuta, entre outros.
Teremos também, um Centro de Fisioterapia, totalmente equipado, onde utilizaremos o espaço que hoje abriga o CIMSA, uma vez que o prédio pertence somente ao município de Birigui, deixando dessa forma de pagar um aluguel desnecessário.
Esclarecemos que não cabe ao nosso município o fechamento do CIMSA, já que o mesmo possui diretoria própria, da qual o município de Birigui não faz parte e que somente a referida diretoria poderia tomar a decisão do fechamento do mesmo.
A população de Birigui jamais ficará desassistida no que tange a Saúde Pública do município, uma vez que a prioridade será somente os pacientes residentes em nossa cidade.



Secretário Municipal de Saúde Roque Haroldo Bonfim.

Essa é a política...

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.