Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Soft Micro também é acusada de irregularidades em Araçatuba

Imagem Protegida por Direito Autoral - Um Asno
Imagem Original removida por solicitação do proprietário
Por Paulo Godoy na Folha da Região:
O ex-chefe do departamento de Licitações da Prefeitura, Marcos Mendes (ver reportagem anterior), condenado à prisão pela Justiça de Buritama, é assessor do deputado estadual Roque Barbiere (PTB), função pela qual recebe mensalmente R$ 4.621, segundo apurou a Folha da Região junto à Assembleia Legislativa. No gabinete do deputado, a informação é de que ele não fica em São Paulo, mas em Birigui, área de atuação política de Roquinho.

Caso o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) confirme a sentença de primeira instância antes de 7 de julho, data limite para oficialização das candidaturas, Marcos pode ser impedido de se candidatar com base na Lei da Ficha Limpa. Messias, prefeito por dois mandatos (97/2000 e 2005/08) e vice-prefeito de 1983 a 88, é réu em 36 processos cíveis, conforme informações do site do TJ-SP, a maioria ações civis públicas movidas pelo MP.

Já a Soft Micro, empresa que aparece no centro da licitação de Buritama, é a mesma organização acusada, pelo TCE, de irregularidades em um contrato com a Prefeitura de Araçatuba, em 2004, ainda na gestão do ex-prefeito Jorge Maluly Netto (sem partido), no valor de R$ 824 mil. Seus ex-sócios Mário José Costa Júnior e Valmir José da Costa foram condenados, no mesmo processo de Buritama, cada um, a três anos e quatro meses de prisão, mas não chegaram a cumprir a pena.

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.