Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

"A voz do povo é a voz de Deus": O maquiavelismo por trás dessa frase

Valdemar Costa Neto - Um Asno
Alcuíno de Iorque, um monge beneditino inglês, fez uso da expressão vox populi, vox Dei (voz do povo, voz de Deus) no ano 780 em uma frase de sua carta a Charlemagne. Porém, repara-se que o contexto era escandalosamente diverso do seu emprego em nosso tempo. A citação completa de Alcuíno é esta: Nec audiendi qui solent dicere, Vox populi, vox Dei, quum tumultuositas vulgi semper insaniae proxima sit, em cuja tradução para o português temos: E essas pessoas não devem ser ouvidas por quem continua dizendo que a voz do povo é a voz de Deus, desde que a devassidão da multidão sempre está muito próxima da loucura. Ou seja, não pertence ao nosso século a tal citação, nem tampouco remete-se ao significado que os charlatães da democracia tanto recorrem.


Porque esta introdução? Ora, por uma razão muito simples: a voz do povo (leia-se o seu voto, pois ele a representa no processo democrático), está mais do que evidente, carece de educação e treinamento "vocal". Em 20 julho de 2005, Maria Christina Mendes Caldeira, ex-mulher do deputado federal Valdemar Costa Neto, desnudou o ex-marido num depoimento à Comissão de Ética da Câmara. Valdemar veio a se tornar um réu enfiado até o pescoço no escândalo do mensalão. O dono do PL - mais tarde rebatizado de PR - viu-se numa encruzilhada e achou prudente renunciar ao mandato para não ter suspensos os direitos políticos.

Surpreendentemente, por decisão de milhares de eleitores, majoritariamente concentrados em Mogi das Cruzes, Costa Neto, o Boy, recuperou o gabinete no Congresso em 2006 e ali foi mantido pelas urnas de 2010. Se Maria Cristina Mendes Caldeira tivesse contado o que sabia para homens sérios, não para comparsas, Valdemar já estaria na cadeia há muito tempo. Só para recordar, confiram os trechos do depoimento:



A acéfala(!!!) vox popoli elegeu o palhaço Tiririca com 1.353.820 votos, que não só foi eleito deputado federal por São Paulo, como também obteve a maior votação em todo o país. O seu desempenho rendeu ao PR, partido do humorista, outras três cadeiras na Câmara dos Deputados – uma delas ficou com o mensaleiro Valdemar da Costa Neto, que conseguiu se reeleger com nada menos do que 174.826 votos.
A coligação ‘Juntos por São Paulo’, que incluia o PR, PT, PTdoB, PCdoB e PRB, contava ainda com outros três mensaleiros, José Genoino (ainda não julgado), João Paulo Cunha (Corrupto!!!!!) e José Mentor (ainda não julgado). A votação gigantesca obtida por Tiririca ajudou a puxar Costa Neto, não foi suficiente para ajudar Genoíno,  mas no caso de Cunha e Mentor não foi necessária. A "voz do povo" os elegeu!
O povo vem a ser a maior vítima de si mesmo. Há 42 anos Pelé dizia que o brasileiro não estava preparado para a democracia porque não sabia votar. Bingo! O profeta Pelé pode não acertar muita coisa com relação a Seleção Brasileira, mas acertou em cheio na questão política. Ainda não aprendemos a votar!
Vários pilantras recorrem a famigerada citação e afirmam vigorosamente que serão absolvidos pelas urnas! E não é que é verdade... Mesmo que não houvesse um Tiririca para ajudar Costa Neto, mais de 174 mil acéfalos (excluindo parentes e amigos, pois estes tinham, meio que uma obrigação de votar no larápio) conduziram o (agora sim: CORRUPTO!), ao congresso por duas vezes, mesmo após vermos sua cara de toco arruinado por cupins quando Roberto Jefferson afirmou durante a CPI que ele era um dos mensaleiros e após o depoimento de sua ex-mulher. Eximindo Deus da responsabilidade, a voz do povo deveria ser a voz da razão. Não é a Deus que culparemos por nossa falta de senso durante as eleições.

2 comentários:

  1. Salve grande Irmão New Son... realmente estamos vivendo novamente esse momento emocionante de campanha politica, hora de escolher nossos representantes. O que sempre me deixa triste é saber que o pessoal tem meios para melhorar as coisas, mas quando estão lá pra nos "representar" não fazem nada.
    Aliás, retiro de leve o que eu disse porque deve ter até alguém que faça algo... mas como isso não é divulgado, não vira manchete nem nada, fica dificil saber.
    Ando acompanhando o que você escreve e em geral apoio seus pensamentos e faço deles minhas palavras.
    Compartilhando o conhecimento talvez acorde algumas pessoas do seu eterno sono R.E.M., se não acordar, pelo menos sabemos que o despertador tocou para avisar... elas podem escolher viver na Matrix.
    Meus parabéns pelo trabalho prestado a humanidade!
    As eleições estão ai e não vendi meu voto em troco de churrasco (ainda), tento manter minha fé e acredito em dias melhores.
    Enquanto isso faço minha parte, de leve mas faço.

    Abraços

    André Bojorque

    ResponderExcluir
  2. Como politico são todos farinhas do mesmo saco. Qual a intenção de todos, ajudar o ser humano? Até parece. Querem entrar para encher os bolsos, as cuecas, os postes, etc.

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.