Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Câmara Municipal: Retorno a discutir Birigui

Um pombo que Caga - Um Asno
Como sabem, sou impedido de utilizar as imagens da Folha da Região, então vai essa do pombo mesmo que é mais ou menos o que vejo em algumas deliberações da Câmara Municipal de Birigui. Hoje haverá sessão! Pretendo comparecer. Não leio mais o jornal da Folha da Região depois que me pediram, com gentileza, para não utilizar mais seus artigos e imagens. Por isso... Acabo sendo informado do que é publicado lá através da comunidade do meu amigo Fabiano Amadeu: o Pô Birigui. Já me disseram para fazer algo parecido, mas dizem que pego muito pesado e deveria maneirar! Estou prestando muita atenção ao que afirmou o atual presidente da casa, Paulo Bearari, quanto a administração participativa na Câmara e os gastos do legislativo. Voltarei a essa conversa mole de "administração participativa" em breve, mas por hora, boto minha atenção ao "neófito da Câmara de Birigui", o vereador Leandro Moreira (PTB). O homem é muito bem intencionado, ou inocente, ou ainda, estrategista. Ainda não sei ao certo como classificá-lo. Vamos ver!

O "Lê", para os íntimos,  promete propor, dois projetos para alteração no regimento interno da Casa. O primeiro seria para que as sessões ordinárias passassem a ocorrer todas as semanas. De cara, o presidente Bearari afirmou que é contrário e já adiantou até que prefere diminuir o tempo de fala do pequeno expediente de 10 para 5 minutos para cada parlamentar. Isso me deixaria triste porque é, na maioria das vezes, nesses 10 minutos que saem as abobrinhas que fazem a nossa "alegria". Nessa eu concordo com o "Lê". Sou favorável sim, ao aumento de sessões, não porque, com o aumento (contra o desejo dos eleitores) de seis parlamentares as sessões poderiam ser mais longas (p... no c... deles! Não queriam ser vereadores?), mas sim porque acelerariam as votações e deliberações de projetos e leis propostas.

Agora, espia só! o "Lê" também propõe que os pedidos de informações ao Executivo deixem de ser colocados para votação em plenário. O "neófito" alega que todos os cidadãos têm direito à informação e, por isso, não há necessidade de os requerimentos serem aprovados em sessão. Então, colega... É bem provável que essa demência seja aprovada com regozijo de quem se coloca em oposição. Não que eu seja contra uma oposição que tenha inteligência! Acontece que isso em nada agrega valor ao direito a informação dos cidadãos. Quem quer saber o que se passa que acompanhe as sessões da câmara e manifeste-se ante seus eleitos de maneira favorável ou contrária, enquanto os requerimentos são idealizados. Porque? Ora, o lógico e sensato nunca foi o forte dos nossos legisladores locais. Já vimos como eles agem quando se acham "negligenciados" pelo executivo: inundam-no com requerimentos e pedidos (na maioria sem sentido), apenas para fazer barulho frente aos eleitores e ocupar o executivo com justificativas que não dão em nada. O diabo é que essa merda funciona!

Fiquei um bom tempo sem discorrer sobre o que vejo na política local, apenas porque aguardava algumas definições de "lado". Agora que as panelinhas se formaram e as rixas ficaram bem definidas terei mais fatos para analisar. Lamento "Lê", nessa eu não concordo contigo. Se ao menos 30% dos parlamentares dos quais você integra tivessem um mínimo de bom senso, seria uma baita vantagem para o município, mas por enquanto, vocês precisam discutir se os pedidos procedem ou não em plenário sim. Cansei de encontrar pessoas nas ruas reverberando os truques de alguns vereadores na tribuna. "Você viu o que fulano falou?", "Ah, o prefeito tá roubano!", "O vereador tal disse que quer saber isso e aquilo e o prefeito não responde...". E por aí vai... Funciona, mesmo!

Um comentário:

  1. O que fazer com esses politicos? Sobre o livro que o pombo esta lendo, garanto que so o pombo precisa aprender, os politicos a sabem bem...eles devem ter escrito o livro em parceria. Como andam dizendo: nao ha validade no termo POLITICAMENTE CORRETO. Se e politico nao e correto, se e correto nao vai se meter em politica.

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.