Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Cadê o "milagre" do pagamento da Dívida Externa, luláticos?

Mentiroso - Um Asno
Quando questionei a manobra canalha do grande ilusionista Luís Inácio Lula da Silva, o messias dos petistas, com relação ao celebrado suposto pagamento da Dívida Externa, fui mais do que atacado e agredido com os mais eloquentes insultos. Pois bem! Leio hoje no jornal o que sei desde o início. A dívida pública federal, o que inclui os endividamentos interno e externo, subiu 7,55% em 2012, para R$ 2 trilhões, segundo a própria Secretaria do Tesouro Nacional. O crescimento da dívida pública no ano anterior foi de R$ 141 bilhões

Os impressionantes juros pagos pelo Tesouro no acumulado de 2012, atingiram R$ 207,984 bilhões (cinco vezes o valor que Lula emprestou ao FMI pra fazer graça!!!). Não se assustem! Está dentro das metas estabelecidas no PAF (Plano Anual de Financiamento) em 2012. No caso da dívida interna, foi registrado um aumento de 7,45% em 2012, para R$ 1,91 trilhão, segundo informa o Tesouro Nacional. Já a dívida externa brasileira cresceu 9,6% no ano passado, para R$ 91,2 bilhões. Em 2002, antes do milagre espalhado na mídia, a Dívida externa era de R$ 170 bilhões (Fonte: TCU e Tesouro Nacional).

Hoje, mesmo com a crença da extinção da dívida externa, ela ainda existe. É claro que é a metade do que devíamos e esse valor não deve preocupar ninguém, o que não se aplica a Dívida Interna que explodiu naquele período graças a manobra mística do presidente sindicalista. O festejado pagamento da dívida externa serviu de trampolim para o messias operário que ainda fez graça emprestando dinheiro ao FMI e se intrometeu nos problemas internos de outros países, oferecendo ajuda internacional, quando ainda hoje a atual presidente se vê com o desafio da extinção da pobreza em nosso próprio quintal.

A questão não é sobre a dívida externa atual. Sinceramente estamos num momento muito mais ameno para o país do que em anos anteriores e isso foi resultado de políticas iniciadas antes de 1992. Muito antes do mago prestidigitador e palrador que não gosta de ler, encenar sua peça de guerreiro das classes desfavorecidas! O que choca é que em números oficiais a dívida interna do Brasil, que chegava a R$ 892,4 bilhões quando Lula assumiu o governo em 2003, atingiu em 2009 o montante de R$ 1,40 trilhão de reais e, segundo o próprio Tesouro, chegou a R$ 1,91 trilhão de reais em 2012, mais do que o dobro. Cresceu mais de 100%  em dez anos de governo petista! O que dizer mais sobre isso?

4 comentários:

  1. Você foi irresponsável e não citou a fonte do jornal que você leu. à propósito, nenhum jornal é de confiança em nosso pais. Em 2014 é Lula outra vez. Dá-lhe!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim mesmo... Nesse país, quem mente é a imprensa!

      Excluir
    2. A cultura e o conhecimento libertam o homem, o fanatismo substima a inteligência.

      Excluir
    3. Hoje a dívida externa é bem maior do que o mencionado acima. Em agosto era U$ 333,1 bilhões. É só consultar o site do Banco Central http://www.bcb.gov.br/?ECOIMPEXT

      Excluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.