Banner 468x60

Pô Birigui Versus Folha da Região

Pô Birigui Versus Folha da Região

Pô Birigui Versus Folha da Região - Um Asno
No dia 26 de julho de 2012, publiquei um pedido de desculpas ao Jornal Folha da Região de Araçatuba, ao qual jurei não voltar a fazer menção de suas matérias e nem uso de suas imagens em meu blog (texto aqui). Fiz mais do que cumprir minha palavra! Deixei de ler o referido jornal e passei a ler o jornal O Liberal da mesma cidade e as referências que a fã page do Pô Birigui destacava aos seus seguidores. Na ocasião não quis esticar a conversa com o, então, Editor Executivo de Internet, José Marcos Taveira, porque ele tinha razão! O jornal está apenas reivindicando um direito pelo qual é assistido. Embora eu não tire a razão do jornal porque há legislação específica quanto a isso e é muito clara, acho exagerada essa postura que alguns veículos de informação teimam em recorrer, justamente por causa do momento em que vivemos de "consumo" excessivo de informações diversas através da rede.

Lógico que os argumentos lidos acima na imagem refletem a realidade de quem vive da informação, mas espia um pouco... Quantas vezes leitores (inclusive eu, que havia prometido não ler mais!), foram estimulados a adquirir a versão impressa do jornal apenas para conferir e até arquivar uma edição porque determinada chamada em destaque no Pô Birigui despertou o seu interesse? Blogs e fã pages não roubam nada e não usufruem do trabalho alheio. Acabam, isso sim, funcionando como mecanismos de divulgação muito eficientes e que confirmariam a qualidade e confiabilidade do veículo "plagiado", se assim preferirem.

Não sei realmente quanto a Folha da Região recebe por cada notícia sua que é lida na íntegra em alguns programas de rádio e até TV local de nossa cidade, sem a menor menção da fonte. Sei menos ainda o que fará o jornal quanto a outros sites locais que vivem da comunicação e reproduzem suas matérias e fotos sem o menor sacrifício de ao menos reescrever ou comentar a matéria. É prática constante de ditos jornalistas e comunicadores de Birigui, e não é de hoje, mas foi ao maior marqueteiro gratuito do jornal que exigiram que removesse os destaques. Na minha opinião, um tiro no pé! O Pô Birigui tem, pelo menos, 1.390 seguidores fiéis e diários. Muitos que já são leitores da Folha e alguns que acabam sendo impelidos a comprar o jornal para ver o restante de uma determinada matéria. O mesmo ocorreu comigo que, além dos leitores locais, tenho mais de 500 acessos alheios a nossa região por dia. Seria uma maneira de informar ao público de outras cidades, estados e até países que o melhor jornal da região seria a Folha por causa de minhas referências quando o citava.

É claro que nem eu, nem o Pô Birigui causaremos nenhum dano ao jornal de maior circulação regional (olha o marketing!), nem tampouco ganharíamos algo por fazer propaganda gratuita de sua qualidade. As coisas continuarão como são. Outros veículos continuarão utilizando o conteúdo da Folha e nós deixaremos de "trabalhar de graça" para o jornal, pulverizando suas matérias e estimulando leitores a acessarem o site daquela empresa. Lembro ainda que o Pagerank da Folha (que é igual a 4) é mantido justamente por causa do volume de acessos que o site tem quando alguém consulta um de seus links.

Para o meu amigo Fabiano Amadeu, criador do Pô Birigui, apenas um conselho solidário: submetemo-nos porque a exigência é legítima e amparada pela Lei dos Direitos Autorais e utilizemos essa limitação como uma boa oportunidade para criar novas formas de interação com nossos leitores. Abraços cordiais!
COMENTE COM SUA CONTA GOOGLE+
COMENTE COM OUTRA CONTA