Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Escola de Birigui entre as 10 melhores do Estado. Mas, a nota ainda é medíocre!


Educação no Brasil - Um Asno
O professor Santo Crevelaro Neto me enviou uma contribuição para abrir a semana do Blog com uma notícia quase boa. Comento ao final, mas antes leiam o que escreveu o professor:
A Escola Estadual Profª. Esmeralda Milano Maroni, localizada no Bairro Jandaia, (em Birigui), está na lista das 10 melhores escolas do Estado, segundo o índice IDESP – (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado), cuja somatória, reúne a avaliação de Português e Matemática na Prova do Saresp, a evasão escolar, aprovação e obtenção de outros resultados pedagógicos. Na outra ponta, entre as 10 piores escolas públicas estaduais está uma escola que pertence à Diretoria de Ensino de Birigui, a E.E. Agostinho Grigoleto, localizada em Brejo Alegre. Os dois estabelecimentos – a escola do Jandaia e a do Brejo Alegre mantêm ensino fundamental e médio.
A avaliação do IDESP compreende notas com valores de 0 a 10, porém, a maior nota, de uma escola de Itápolis, foi 5,5. A escola biriguiense obteve 4,7. A escola do Brejo Alegre, considerada a sétima pior do Estado, conseguiu apenas 0,6. No Estado, as maiores médias ficaram com a região de São José do Rio Preto e Araraquara, com 2,4. Na região de Araçatuba, 2,2.
Professores da Escola Esmeralda, ouvidos pela nossa reportagem afirmam que "a seriedade e a dedicação de toda a equipe escolar foi responsável pelos resultados obtidos". Os professores e funcionários das escolas que atingiram índices satisfatórios no IDESP foram premiados pelo Governo do Estado com bônus-mérito pago no último dia 28 de março. Alguns chegaram a receber R$ 8.000,00, mas a maioria dos professores recebeu até R$ 2.500,00. Em Escolas que não alcançaram os índices e metas, a decepção no quadro do magistério foi grande: alguns professores receberam R$ 15,00 e outros entre R$ 1,00 e R$ 2,00.
Avaliação do Idesp - Um Asno

Como diria Jack, o estripador, vamos por partes...
Em 2012, o Idesp global da rede foi de 2,59. Não nos esqueçamos de que a avaliação vai de 0 a 10!! O resultado representou piora em relação ao ano anterior de 2011, cujo índice foi de 2,61. Fazendo um baita esforço, podemos afirmar que o que era ruim e medíocre, ficou... na mesma. A política de bônus é um fiasco e também não conseguiu convencer que é uma boa política pública. Em 2012, 83,7% das escolas estaduais cumpriram as metas do índice e seus funcionários receberam o bônus, o que representa 4.183 escolas. No ano anterior, esse porcentual foi de 85,1%!

As escolas de ensino fundamental foram as que mais perderam o bônus. O ciclo 1 (de 1.º ao 5.º ano) foi o que mais sofreu. O número de escolas com esse ciclo que receberam o bônus recuou 15%. Neste ano, 1.138 escolas bateram as metas, que representa 68,8%. No ciclo 2, foram 2.441 (66,1% do total), enquanto no ano anterior foram 2.594”. Já o discurso político é uma piada! Se o índice está empacado, para eles não significa que o sistema não evolui, significa que houve "consolidação dos resultados"! Não faz muito tempo, critiquei o MEC e seu escândalo do Enem (leia aqui), agora, critico a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, mesmo sabendo que os outros estados estão muito piores, mas, ainda assim, resistem em demonstrar seus números. 

É trabalho pra detetive xereta descobrir os índices dos outros estados e, quando estão disponíveis, impossível fazer comparações e vislumbrar se houve, ou não, evolução do ensino. A verdade é que, mesmo gastando um absurdo em relação ao PIB (veja aqui), a educação no país é uma b... e não demonstra nenhum sinal de que irá melhorar nos próximos vinte anos! O que é mais engraçado é que um aluno precisa de no mínimo 6 de nota para ser considerado apto na disciplina. Não 5,5, nem 5,99, mas 6! Já para a Secretaria Estadual de Educação, 5,5 tá excelente (sem desprezar o resultado de Itápolis)! Vou reclamar com meu primeiro professor de Cálculo que me reprovou com 5,97!
Educação no Brasil - Um Asno

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.