Rádio Na Pior

Últimos Artigos
recent

Há dias eu venho avisando... Primeira vítima fatal das Manifestações!

Manifestações em Ribeirão Preto - Um Asno
Há dias eu venho ouvindo, em coro, jovens bradando palavras de ordem contra a violência. Mas o que realmente significa ser violento? Segundo a definição vigente, "violência significa usar a agressividade de forma intencional e excessiva para ameaçar ou cometer algum ato que resulte em acidente, morte ou trauma físico ou psicológico. Além de todas as formas já registradas de violência, existe também a violência verbal, que causa danos morais, que muitas vezes são mais difíceis de esquecer do que os danos físicos. A palavra violência deriva do Latim “violentia”, que significa “veemência, impetuosidade”. Mas na sua origem está relacionada com o termo “violação” (violare)".

É uma violência o que o estado promove quando viola os anseios da população. Mas também é uma violação propor que as pessoas sejam paradas, bloqueadas, impedidas de progredirem em seu direito de ir e vir. Venho alertando em meus posts que a forma escolhida pelo Movimento Passe Livre para reivindicar suas intenções estava errada porque não poderiam controlar as manifestações. Optando pelas obstruções das vias públicas, o movimento não humilhou apenas as autoridades. Ele também esculhambou com os direitos dos outros cidadãos. No início o movimento ganhou adesão e simpatia da população em geral, mas bastou que a própria população começasse a se tornar vítima da progressão do movimento para que passassem a se indignar também.

Eu avisei que as coisas só poderiam evoluir para um ponto: Mortes! Foi o que aconteceu ontem em Ribeirão Preto onde 25 mil pessoas protestavam contra o aumento da tarifa urbana. Um manifestante morreu e outros 12 foram atropelados durante os protestos que ocorreram na noite desta quinta-feira (20). O grupo foi atropelado por um veículo na região da avenida João Fiúsa, área nobre da cidade. De acordo com testemunhas, um carro tentou furar o bloqueio montado por manifestantes e como estes recusaram-se a sair da frente, o motorista acelerou o veículo e atingiu-os. O estudante, Marcos Delefrate, 18, teve traumatismo craniano, fraturas no tórax e coluna e morreu a caminho do hospital. Acompanhem o vídeo:

Observem o vídeo e percebam que o motorista primeiro teve seu direito violado, depois foi agredido com vozes exaltadas como "Vai seu bosta!", "Fora playboy!", 'Volta, filho da puta!", e por fim passaram a bater em seu automóvel. Longe de mim afirmar que o rapaz foi responsável pela própria morte. Ignoro as razões do motorista ao tentar furar o bloqueio, mas desde o início venho me posicionando contra a obstrução da passagem livre. De maneira alguma vou concordar que uma pessoa valorize mais a integridade de seu veículo e seu brio pessoal que a vida alheia. Porém, o Movimento Passe Livre, com sua irresponsabilidade na escolha de como se manifestar, conduziu a população a uma ebulição das emoções a tal ponto que não estamos mais num estado de civilização; estamos quase em guerra!

Eu acuso sim, o MPL de ser responsável por essa morte e outras que poderão ocorrer se não derem um basta. Acuso-o pelos mais de 300 feridos país afora e também pelos saques e depredações. A sua falta de liderança, capacidade de tomar as rédeas e visão de massa provocou o que temos assistido. Eles fizeram as autoridades recuarem e colocaram mais de um milhão e meio de pessoas nas ruas ontem e isso não vai acaber bem para a população porque eles não entendem que agora eles é que têm de recuar e dar o espaço para que os representantes legítimos da nação reflitam sobre o que aconteceu e decidam, enfim, ouvir as vozes.

Chega a ser irônico que jovens que lutam para chegar um dia ao Passe Livre, optem por impedir a livre passagem dos outros.

5 comentários:

  1. Você acusa o Movimento passe livre de ser o responsável, isso é uma atitude conservadora.. Você é um cego, não vê que o movimento tá mudando o país? Não havia como o movimento prever que aconteceriam estas coisas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, não? E como é que eu sabia que isso iria acontecer? Mediunidade, por acaso? Era o óbvio! E ainda pode piorar... Além do mais, nunca fui contra o movimento, sou contra seu modo de ataque!

      Excluir
  2. Bem ve que é um ASNO mesmo né, pois bem, sou de Ribeirão e estava na manifestação, se o você observar o video verá que apenas pedíamos para que o cara se afastasse e não furasse a manifestação, se ele desse ré, ele teria "n" caminhos de sair da Fiusa e não tinha ninguem atras dele, mas não ele queria mostrar que esta acima de tudo e de todos inclusive da vida que ele tirou. Ninguem o ofendia até ELE nos ofender, e se der mais uma olhadinha verá que o aplaudimos quando pensamos que ele estava tendo uma atitude nobre e uma consciência social de tirar o carro, dai ele simplesmente arranca e vem pra cima de todo mundo, olha se você é a favor de mudar o Brasil, então para de falar besteiras e mude o Brasil o cara da caminhonete, também conhecido por Alexsandro Ichisato de Azevedo, fugiu sem prestar socorro ás vitimas e se encontra foragido ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos no movimento têm problemas para interpretar o que leem, ou só você? É claro que o motorista é um animal por ter tirado a vida de outra pessoa! Isso diminui a responsabilidade de os estudantes terem colocado em risco a própria vida com o modelo de protesto que escolheram? Aliás, até procurei pelos aplausos, mas eles foram suprimidos pelos gritos de "filadaputa!".

      Excluir
  3. Anônimo....Acorda......Olha o que esta gente está fazendo!!!!!!
    Quebrando, saquiando, destruindo.....Belo movimento.
    Ufa, já sei. Eu e mais um monte de idiotas vamos pagar com impostos o que estes irreponsáveis estão fazendo.
    Ah, me esqueci, verdade o Movimento Passe Livre está mudando o País, realmente prá pior.
    Só um detalhe. Se o blogueiro está cego, você ainda está dormindo.

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.