Rádio Na Pior

Últimos Artigos
recent

Movimento Passe Livre: Debate com o leitor Márcio Pereira

Movimento Passe Livre e a Destruição no Rio de Janeiro - Um Asno
Respeito muito as pessoas que defendem seus pontos de vista de maneira inteligente e não agressiva. Muitas vezes discordam de mim, mas nem sempre estão errados. É o caso do leitor Márcio Pereira que tem contribuído de uma maneira riquíssima para um debate a respeito do que vem acontecendo em todo o país. Como eu gosto de um bom debate, vamos prosseguir por aqui mesmo. Destacarei os argumentos do meu caro amigo, que embora discorde de mim, deseja as mesmas coisas que eu. Comentarei abaixo e sem destaque:

Prezado Nilson, com todo respeito, infelizmente você deseja o impossível: comer o ovo sem quebrar a casca. Não é possível fazer manifestação sem incomodar ninguém, senão, não seria manifestação e sim chilique! Estou amando assistir a minha nação se erguer, acordar da letargia e mostrar que não está mais "dormindo em berço esplêndido" e sim provando "que um filho teu não foges à luta".
Lamento me apresentar tão incrédulo quanto as frases de efeito e as mensagens de apoio ao movimento espalhadas pelo Facebook. Mas, não estou vendo nenhum filho entregando-se à luta de fato, nem tampouco acordando de seu sono hipnótico. E, sim! É possível fazer manifestação sem prejudicar (não incomodar!) alguém! Incomodados já estamos todos. Caos não é incômodo, é prejuízo. Imagine você tendo que levar sua filha doente por uma via que está bloqueada por manifestantes. Por mais que você concorde, não vai deixar o seu veículo e se juntar a eles. Há milhares de indivíduos, cada qual com seu fetiche ou realidade pessoal que precisa ser respeitado acima de tudo. Uma sociedade que ainda não aprendeu nem a respeitar uma simples faixa de segurança dedicada a pedestres, não está preparada para exigir respeito aos seus direitos, enquanto despreza que os outros também os têm.
 
O movimento brotou de comunidades na internet, na sua grande maioria de jovens que se cansaram de reclamar e de postarem contrários a tudo de errado que a classe política está fazendo e transformando o nosso país. Cansaram-se de assistir os políticos legislando em causa própria e se esquecendo do seu real dever, que é o de representar o povo. Cansaram-se de ver corruptos, verdadeiros bandidos que se locupletaram com o dinheiro público, sendo condenados e assumindo cargos públicos para assim, se voltarem contra o juíz que os condenou. Cansaram-se de ter pagar as contas mais altas do mundo e não ter retorno nenhum e nem mesmo o respeito devido. Cansaram-se de ver os seus empregados, pois, os políticos não passam de nossos empregados, cuspirem na cara de quem lhes pagam o salário. Cansaram-se da mordomia em que essa classe vive em contrapartida a uma população assolada e assaltada em todos os seus direitos constitucionais.
Mas não há dúvidas disso! Eu sou uma dessas pessoas que já não me aguento mais de tanto estar revoltado com tudo isso que você listou. Mas... Espia! Representantes do tal MPL que tanta gente está celebrando agora já conseguiram ser ouvidos algumas vezes, inclusive hoje na prefeitura de São Paulo. Quantas vezes eles apresentaram algum desses fatores que você elencou como pautas da mobilização? O que fizeram foi exatamente o oposto. Brigaram unicamente pelo famigerado Passe Livre e diante de uma resposta negativa "partiram para o abraço" (pro pau fica muito feio!). Quer dizer... Esse é o estado democrático e de direito que pleiteiam? Ou cede ou apanha? Tô ferrado! Cada vez que eu discordar de alguma coisa vou levar peia, então?
 
Um movimento como esse não tem como ser organizado, se não, ele não sairia às ruas e sim, permaneceria apenas nas redes. E, enquanto estava apenas nas redes, não conseguiu muita coisa. Aí, perceberam que deveriam fazer mais, apenas não esperavam tanto sucesso. A Incofidência Mineira foi um movimento organizado e planejado. Deu no que deu. Foi traído e não saiu do papel. Agora, não se tem um Tiradentes, e assim, não se pode matar e esquartejar um "bode espiatório" para servir de exemplo, pois, não há líder! Que maravilhosa coisa que fizeram! Um movimento orgânico que nasceu de qualquer lugar sem endereço e de qualquer um sem nome e que rompeu as fronteiras do país, ganhando espaço na mídia internacional.
Só uma contestaçãozinha de leve! Primeiro que a comparação não foi das mais felizes, mas olha só. O movimento das Diretas Já foi organizado e possuía lideranças bem definidas e coerentes com os objetivos. Até o parvo do Lula teve um papel muito importante naquele período. O movimento de 1984 cresceu e tomou forma definida porque possuía desde o início um objetivo claro. O que temos hoje é um oba oba que começou com uma reivindicação e acabou crescendo difuso e sem um foco. Não há uma pauta sólida, não há um corpo, não há substância para quando conseguirem colocar os políticos de joelho. Experimente você sair atirando com uma pistola no escuro e numa comunidade habitada. Pode até ser que você acerte um alvo pretendido, mas, com certeza atingirá outros alvos que não faziam parte do plano.
 
Foi a melhor coisa que eu vi acontecer no país, nos meus vividos 51 anos, excetuando-se a violência policial e o vandalismo. Eu achei que fosse morrer sem assitir isto no meu país. Me junto aos jovens com orgulho e certeza de que estamos mudando a cara do Brasil. Hoje, pela primeira vez em minha vida, eu começo a ter orgulho de ser brasileiro, por que antes, era apenas um enojado com tudo o que ocorria por aqui. Por favor, vou lhe fazer novamente o apelo: pense novamente. Há muita coisa que concordo no seu discurso, o que não concordo é de ver você, um cara super culto e de bom senso, ser contrário ao movimento mais inteligente que eu já vi brotar no país.
Ai vai Márcio! Eu gostaria de estar tão orgulhoso quanto você neste momento. Juro! Somos muito mais parecidos do que você pensa. Mas uma coisa é certa! Este movimento pode admitir que o classifiquemos como tudo, menos inteligente. Começou com o pleito por algo que eles nem sabem de fato como poderia funcionar e evoluiu para algo que eles sabem menos ainda como utilizar. Hoje mesmo, enquanto eu trabalhava, assisti um volume nauseante de discursos no canal da TV Câmara. Todos bunitinhos e solidários às manifestações e aproveitando a oportunidade para registrar o seu "Tamo junto". A maior parte, inclusive era do PT! Responsável por esse governo sofrível que faz a manutenção de todos aqueles itens que você citou acima. No lugar de orgulho, sabe o que eu sinto? Sinto que não vai demorar para aparecer plaquinhas favoráveis a famigerada "Reforma Política" que o referido partido deseja, inclusive com os seus piores agregados: o financiamento público de campanha e o controle social da mídia.
 
Complementando: O movimento é tão inteligente que até agora os bobões dos políticos não sabem o que fazer! Não tem quem pegar, não tem endereço para arrombar a porta! Estão perdidos que nem cachorro que cai de mudança! Até agora, nem o falastrão do molusco apedeuta e nenhuma liderança partidária, de qualquer partido que seja, apareceu para dar uma resposta à população. Sabe por que? Estão morrendo de medo, porque quem aparecer primeiro ficará carimbado como o representante dos culpados e servirá como a mira do movimento! Estão pisando em ovos, cagando de medo!!! kkkkkkkkkkk!!!! Muito inteligente, muito legal, cheque mate!!!
Nisso eu concordo integralmente com você! Ninguém sabe ao certo como lidar com o que está acontecendo. Muito menos os próprios manifestantes. Mas, como eu disse acima, já estão articulando como se aproveitar da situação. É óbvio que alguma coisa positiva há de florescer no meio de tudo isso. Mas temo que a falta de uma linha ordeira de pensamento possa fazer com que o movimento torne-se um instrumento para mais populismo. O que eu quero é simplesmente que o movimento assuma uma identidade definida e não descambe para a manipulação dos mais espertos.

É só observar que parte das pessoas que deram origem a tudo isso são favoráveis a muitos pilantras que são os principais responsáveis por ainda termos todos os problemas descritos por você. Uma delas é a filha do governador do Rio Grande do Sul que é do PT, outro ainda, é proprietário de uma empresa que cresce a cada ano com subsídios e patrocínios oriundos desse mesmo governo que agora "aparentemente" demonstram insatisfação.

Sem dúvida alguma! Antes que os aproveitadores assumam os holofotes, há que surgir lideranças fortes nesse movimento. Do contrário, no próximo ano serão as manifestações pelo voto nulo, pelos direitos dos sem noção e por aí vai. Nunca nos levando a coisa alguma. Hoje estamos celebrando a impetuosidade de nossos jovens. Mas eles não são mais do que isso: jovens! Abriram uma caixa a qual não compreendem. Em nada ganhamos, enquanto eles não se definirem e se organizarem com uma liderança coerente com a pauta que escolherem. Antes de tudo precisam de uma pauta. Até agora só vi energia!

Em tempo...
Eu já havia lido a reportagem que você me sugeriu. Sempre analiso o que é escrito sobre o Brasil no exterior. Mas como eu disse, nada do que está contido na matéria das redes internacionais, ou no que você citou acima se faz presente durante as reuniões que o Movimento Passe Livre tem conquistado até agora. Eu também tenho esperança de que algo realmente se realize a partir dessas manifestações, mas sem planejamento e condução durante as execuções daquilo que foi planejado, meta alguma é alcançada. Ao menos as metas que são relevantes e necessárias.

Mais uma vez, muito obrigado por sua contribuição. É com debates e efetiva participação na política e na fiscalização de nossos representantes que podemos realmente produzir mudanças. Quero ver muito mais manifestações sempre que se fizerem necessárias. Mas democracia é também respeitar as regras democráticas. Enquanto os manifestantes escolherem o caminho do colapso, serei contra. Participarei de qualquer manifestação que seja concentrada em locais que não prejudiquem os outros indivíduos e nem interfira no direito de ir e vir dos outros.

Um comentário:

  1. Bom dia,senhor,

    tive a felicidade de encontrar seu blog hoje, já estava me exasperando por acreditar que tão poucos viam a situação como eu, tão poucos que sequer a internet conseguia acessá-los.
    Suas opiniões e seu posicionamento são sensatos e até onde li, concordo com suas palavras, exceção a classificar o PT como "força maligna" em sua essência !
    Parabens...

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.