Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Popularidade baixa de Dilma não significa que não será reeleita! Significa que ganhou mais um adversário: Lula!

Dilma Rousseff e Luis Inácio Lula da Silva - Um Asno
Então... Tem gente celebrando porque a popularidade da "prefidenta" Dilma caiu. Outros, ainda, falam em conspiração para derrubar a "prefidenta". Bem... O único grupo que realmente pensa nisso é uma ala do próprio PT. A ninguém sério interessa a desordem de um impeachment de Dilma. Alem do mais, Lula já teve menos do que os 30% de aprovação atual da "prefidenta" e  venceu a eleição. Até agora não achava que Dilma tivesse adversários para a reeleição de 2014. Simples! Eduardo Campos ainda não se tornou uma opção para mim. Aécio Neves deveria continuar como senador e entre Marina e Dilma, prefiro Barrabás! Não voto nulo, mas voto contra, isso é uma garantia! Contudo, com os recentes acontecimentos surge no horizonte uma nova ameaça! O homem que fala muito, mas está calado há quase 230 dias, desde que surgiu o escândalo de sua amante Rose Noronha, renasce das cinzas como um resgate do Partido dos Trabalhadores. Não se surpreendam! O próprio partido já estava em franca campanha pró Lula desde o início do ano.
Embora eu ache Dilma a maior responsável por isso, porque aceitou governar sob a tutela de Lula, ainda a considero melhor opção do que o maior demagogo da história deste país. É de Lula, não de Dilma a culpa do país ter se tornado a 6ª economia do globo sem caminhar para a prometida justiça social, continuando um dos últimos no quesito educação e de que após 13 anos desde a criação, o Bolsa Família continua necessário e sem dar sinais de que um dia deixará de sê-lo. Depois de oito anos de um governo socialdemocrata e doze anos de um governo petista ainda mantemos a mesma tragédia nos serviços sociais, sobretudo nos hospitais públicos e nas escolas públicas.
Detesto Fernando Collor, mas ele cassou mordomias e Lula as redistribuiu "democraticamente". Os últimos vinte anos foram dedicados ao consumo exagerado e ao incentivo demente do governo para que assim continuasse. Ah! Mas se não houver consumo a produção para, etc, etc, etc! Lógico que deve haver consumo, mas não à rigor de empréstimos (crédito), incentivos grotescos e "bolsas" generalizadas! A distribuição da renda começa pela educação de qualidade e a competitividade das empresas se beneficia da eficácia gerada por essa educação. O que temos não é distribuição honesta da renda e sim um assalto consentido para financiar eternamente as campanhas dos populistas.

Muita gente começa a entender que o aumento no número de automóveis em nada melhora o transporte, ao contrário, piora o tempo de deslocamento e aumenta o endividamento das famílias. Muita gente entende agora que o PIB não está crescendo e mesmo que crescesse não melhoraria o bem estar e a qualidade de vida dos brasileiros. Hoje não há mais o sentimento de que a corrupção não apenas é endêmica, mas é aceita com a conivência do governo e os corruptos, quando identificados, não são julgados. E quando vão a julgamento, não são presos! E, ainda, se por ventura, forem presos não devolvem o que foi roubado. Políticos não dão a mínima para manifestações de vontade popular. No máximo, recuam um pouco em sua arrogância, mas logo retomam o ar superior e autoritário.

Esse é um país melhor, segundo Lula. Onde o povo paga a construção de estádios, mas não pode assistir aos jogos. Onde a Copa não vai trazer benefícios na infraestrutura urbana das cidades-sede como foi prometido. Onde a qualidade de nossas estradas, aeroportos e transporte público, é péssima. Onde 60 mil morrem por ano por assassinato e 50 mil morrem no trânsito. Onde a classe média é um golpe matemático para adornar discursos de gente que nunca soube o que é fome e desespero. Onde não se promove ação alguma para melhorar efetivamente a estrutura e onde o assistencialismo é mais importante do que investir em desenvolvimento tecnológico. Por que esperar que a educação seja importante para um partido que tem em seu mais alto referencial alguém que odeia ler e não se interessou por formação acadêmica, mesmo sendo laureado com diversos diplomas honoris causa? Chance, dinheiro e tempo não lhe faltaram!

Aos que se aborrecem com minhas opiniões contra Lula, uma ressalva. Já não era mais petista quando votei em Lula pela primeira e última vez. O fiz por falta de opção e porque não anulo meu voto. Além do mais, acreditava mesmo que ele pudesse corrigir algumas falhas que o governo anterior cometeu. Decepcionei-me mais com a população que se nega a enxergar o quão nocivos foram esses últimos anos do que com o próprio Lula. Aliás, admiro-o por sua capacidade de liderar, mas sou livre para me negar a seguir uma divindade que não representa a nação, senão aqueles que são "companheiros", e lutar para que meu país um dia seja livre dessa esquizofrenia chamada populismo!

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.