Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Duo Impressões no auditório do SESI em Birigui

Luiz Amato (violino) e Achille Picchi (piano) - Um Asno
Ontem levei minha filha mais nova para assistir ao concerto "Impressionismo - A Globalização dos Sons", no auditório do SESI de Birigui. Meu objetivo era estimular minha filha a se interessar pelos variados movimentos musicais que surgiram através dos séculos, mas o resultado foi ainda melhor. Passamos mais de uma hora discutindo, enfim, sobre o Impressionismo na música, na literatura e onde efetivamente se originou, na pintura. O concerto de ontem trouxe uma dupla de professores do Instituto de Artes da Unesp (Universidade do Estado de São Paulo), Luiz Amato (violino) e Achille Picchi (piano), que interpretaram composições de Claude-Achille Debussy (1862 - 1918), Joseph-Maurice Ravel (1875 - 1937), Olivier Messiaen (1908 - 1992), Camille Saint-Saëns (1835 - 1921) e Jules Émile Frédéric Massenet (1842 - 1912). Na plateia não haviam nem cinquenta pessoas, talvez por conta do dia e horário ou, ainda, porque estamos falhando quanto a construção de plateias para esse tipo de evento. Essa responsabilidade é de toda a sociedade, não só do SESI.

É claro que das obras que foram executadas pelos professores eu apenas conhecia duas. O repertório não poderia ter sido escolhido de maneira mais adequada. Se fechássemos os olhos entenderíamos o porquê do título "impressionista" atribuído ao tal movimento. Há pouco mais de duas semanas eu havia assistido a um documentário do canal Arte 1 sobre os pintores impressionistas. Confesso que nunca fui muito fã do movimento, mas sim, da trajetória dos artistas daquela época. A resistência a sua rebelião contra a academia e os preceitos do Realismo, a crítica muitas vezes perversa ao modo como elaboravam suas obras e o volume de infortúnios pelos quais tiveram de passar, cativaram minha atenção muito mais do que a qualidade de sua arte. Até então, eu mesmo não entendia o quão profunda foi a genialidade desses indivíduos. Natural que fosse assim! Na escola eles me foram apresentados de uma maneira enfadonha e totalmente infértil. Nenhum professor houvera tido a devida competência para me comover com o real valor da dinâmica por trás do que aqueles artistas demonstravam e como sua habilidade com as cores e as pinceladas eram capazes de causar uma verdadeira "impressão" à alma. Lógico que também devo aqui registrar um mea culpa!

O Impressionismo foi mais do que um rompimento e uma rebelião contra a forma e os limites. O mesmo aconteceu com expoentes máximos na literatura como Baudelaire, Virginia Woolf e Joseph Conrad que escreviam de uma maneira que, em vez de uma interpretação, eles "gravavam" as impressões, sensações e emoções que constituíam os paradigmas existenciais em cada página lida. Na música não foi diferente e isso pudemos bem evidenciar na apresentação da noite passada. No prelúdio "The Clown" de Debussy, por exemplo, interpretado por Achille Picchi, logo no início do espetáculo, nem era necessário fechar os olhos para imaginar um palhaço a realizar sua performance entre movimentos cômicos e mímicas atrapalhadas para agradar a uma plateia. De certa forma, o palhaço objeto desta obra, foi imortalizado na peça através da impressão e cabe a nós, pais e professores, inspirar as novas gerações para que não percam a capacidade de imaginá-lo em cores e movimentos. O impressionismo serviu ao menos para me ensinar isso: que a música tem suas cores, como a pintura tem seus sons e os livros têm a ambos! Abaixo, um vídeo que encontrei no Youtube com os dois professores executando a Sonata Póstuma em Am de Maurice Ravel, composta em 1897. Apreciem!

3 comentários:

  1. Excellent blog post. I definitely appreciate this website.

    Stick with it!

    My web page :: League Of angels hack no survey

    ResponderExcluir
  2. Ahaa, its pleasant conversation concerning this
    paragraph at this place at this webpage, I have read all that, so at this time me also commenting here.


    Look at my site: league of angels hack ()

    ResponderExcluir
  3. Just want to say your article is as amazing. The clarity in your post is just nice and i could assume you're an expert on this subject.
    Well with your permission allow me to grab your feed to keep updated with
    forthcoming post. Thanks a million and please
    continue the rewarding work.

    Here is my web page: clash of clans hack free no survey

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.