Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Aos poucos, provocamos nossa própria tragédia! Com a conivência de todos!

Bloody Sunday - Um Asno
Vítimas do Bloody Sunday em Derry, Irlanda do Norte
Muito bem! Um "amigo oculto" me enviou uma mensagem me esculhambando por causa do meu texto sobre o linchamento virtual contra a jornalista Raquel Sheherazade. Queria que eu me retratasse, afinal, o guri mencionado no comentário da jornalista havia sido vítima de um grupo de justiceiros. Vamos lá. Também não sou favorável a justiçamentos que na verdade não significam justiça e sim vingança. Porém, contudo e entretanto! Se o guri estivesse estudando ou fazendo algo mais útil que vadiagem e nada menos que práticas copiadas da marginalidade, não teria sido alvo de justiceiros. Quando eu tinha a idade daquele pivete a atuação de justiceiros no país era muito mais presente e nunca fui importunado por nenhum deles. Alto lá! Não estou justificando o que ocorreu ao pirralho de maneira nenhuma e o caso também não é este. O que fiz naquele texto foi simplesmente questionar onde estaria a incitação a violência por parte da referida jornalista. Qualquer um com o mínimo de domínio da nossa língua perceberá que isso não ocorreu. Mesmo que o comentário de Raquel tenha sido de maneira um tanto infeliz, não há nada que caracterize a incitação à violência.

Por outro lado! No ano passado eu escrevi sobre um comentário de um jornalista que considerei uma aberração sem tamanho. Infelizmente eu não tinha o vídeo para ilustrar minha revolta com o que ele havia dito. Agora eu disponibilizo para que prestem atenção a cada palavra dele. Retorno em seguida:

Isso, sim, meus amigos, é incitação à violência. Muitos, com certeza, concordam com o jornalista Ricardo Boechat. "Autoridade tem mesmo é que tomar porrada!". Perfeito! Ainda não entenderam? Quando é que esse país realmente poderá ser um estado de direito com respeito as leis? É errado espancar projeto mal formado de marginal? É! É errado também levantar as massas para o revide coletivo contra... nem sabem quem! Quem leva morteiro, coquetel molotov, estilete e o garaio está pensando em se expressar? Está tentando mostrar o que pensa? Não! Quando fiz o texto defendendo Sheherazade não foi porque considero o comentário feliz, mas por que ela não fez o que estavam atribuindo a ela. Esse maluco do vídeo acima é um dos formadores de opinião mais peso pesado da Band. E foi justamente a Band que sofreu a primeira baixa por causa dos protestos. Mas peralá! Não vamos tratar o caso como se fosse a primeira baixa. Desde o início dos protestos, ao menos doze pessoas pagaram pela delinquência de muitos. MUITOS! Essa conversa fiada de que é uma minoria que mergulha o restante no caos é balela.

Continuem assim e ainda recordaremos o Domingo Sangrento de 30 de janeiro de 1972 onde 14 pessoas desarmadas foram mortas e outras 26 ficaram feridas em confronto com forças repressivas britânicas. Continuem achando que tomarão o estado de assalto e teremos nossa própria edição tupiniquim do Bloody Sunday. Em minha curta existência eu acompanhei de fora o movimento das Diretas (por que eu era ainda um pivete!), vi a juventude se levantar e depois pender em sono profundo após os Cara Pintadas, estive presente na greve dos professores de 1993, assisti ao levante do "Não é pelos 20 centavos" e já tenho uma convicção do que vai acontecer com todos esses jovens que se mobilizam agora. O mesmo que aconteceu antes! Esse tipo de cagada, longe de despertar a consciência crítica nos mais novos, apenas estimula para que sejam cada vez mais agressivos, enquanto que os outros, conforme vão envelhecendo, passarão a figurar exatamente entre as fileiras e corredores dos templos símbolos que agora atacam. Cada qual labutando para recolher as suas medíocres migalhas.

Não! Sheherazade não fez o melhor de seus comentários, mas também não incitou à violência e esse mané aí de cima também não tinha a intenção de incitar um ogro a matar seu colega de trabalho. Tem muita gente que ainda se ilude com esse pensamento cabaço de que a saída é o quebra-quebra. O IRA (Exército Republicano Irlandês) cansou! O ETA (Euskadi Ta Askatasuna - Pátria Basca e Liberdade) cansou! E nós procuramos dar sopro e vitalidade ao nosso FARB!!! Sheherazade tem, sim, uma grande cagada entre suas várias e assertivas intervenções. Em outro vídeo vi com náuseas ela justificar os atos do marginal Justin Bieber por que ele estava "apenas crescendo". Juventude que cresce sem direção dos pais, do estado, das autoridades competentes e ainda é assediada por professores sociopatas só pode dar em merda mesmo. Qual é a saída então? O que sugerir aos seres de duas pernas e sem plumagem que ainda não aprenderam a caminhar de forma civilizada? É muito amplo o debate, mas posso sugerir que comecem dando um primeiro passo.

Promovam agressivas invasões às Bibliotecas, ocupem as salas de discussão e debates, sequestrem as estantes de livros e não peçam resgate. Imponham sua vontade com muita força para terminar cada capítulo iniciado e... Principalmente, seus filhos da puta, vão preencher as vagas que ainda estão disponíveis nas faculdades e nos cursos técnicos! Precisamos muito mais de cientistas físicos e químicos, de médicos, de inventores e engenheiros que filósofos, cientistas políticos e enganadores de opinião! Querem mudar a realidade do país? Comecem pela sua realidade. O mundo precisa cada vez mais de pessoas que possam contribuir de verdade para sua melhoria e construção. Há várias cadeiras que ainda aguardam ser ocupadas. Aos poucos, provocamos nossa própria tragédia e com a conivência de todos! O que surge nas redes sociais não é um debate para nos conduzir a um progresso de fato. É só uma mesquinha disputa entre fações partidárias. O compromisso não é com o desenvolvimento do país. É apenas para garantir a manutenção do poder de uma ideologia sobre as demais.

Por que cargas d'água esse país ainda não produziu seu primeiro prêmio Nobel? Porque nossas contribuições acadêmicas são numerosas, mas completamente irrelevantes e desprovidas de valor para se agregar? Estamos gastando muito tempo, precioso, para debater o social, mas nos dedicando muito pouco para a formação ideal de nossos oprimidos. A estes eu aconselho o seguinte: Frequentem menos as baladas e leiam mais! Curtam menos os bailes funk e leiam mais! Curtam menos o Faciobuquio e leiam mais! E aos almofadinhas de classe média sem ter o que fazer com o tempo livre eu sugiro que deixem de atrapalhar os outros e causar prejuízos que, ao final, seremos todos obrigados a pagar de alguma forma, e leiam mais! Mas não é uma leitura específica... Leiam de tudo! A revolução do proletariado é um embuste! A harmonia entre renda e desenvolvimento social estancando a economia que causa o desenvolvimento é uma cascata de quem tem preguiça de trabalhar e é incapaz de produzir algo de valor para a sociedade. Querem mudar o seu país, ordinários? Comecem por varrer o seu próprio quintal!

2 comentários:

  1. Você é um egomaníaco seu demente! Acha mesmo que sua opinião importa pra alguêm? Qualquer processo de mudança acarretará em algumas vítimas, mas no final todos vão se beneficiar da mudança. É claro que lamento a morte do jornalista, mas isso não pode esfriar um movimento que ainda colocará os governo e seus parasitas de joelho. Você é que causa um grande prejuízo ao país atacando tão covardemente os jovens que estão se arriscando para lutar por nossa nação. O mundo só vai ser justo quando estiver livre do capital e de vermes como você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uuuui! Magoou! Vou precisar de terapia agora! O mundo será mais justo quando os moleques aprenderem porque devem respeitar as opiniões, ainda que discordem. Não ataco os jovens em geral. Só os manés.. Como tu! Também já acreditei, quando moleque, que era autossuficiente e infalível em minhas opiniões ultra atualizadas e alimentadas contra o capital. Mas fazer o quê? Envelheci...

      Excluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.