Rádio Na Pior

Últimos Artigos
recent

Reafirmação dos Princípios e Intenções deste Blog

Protestos na Avenida Paulista - Um Asno
Já se passaram quase 960 dias desde que decidi utilizar essa ferramenta como terapia pessoal e registro particular de cada passagem que eu julguei ser relevante nos últimos quase três anos. De lá para cá foram milhares de ameaças, injúrias e agressões grotescas ao meu ponto de vista como se em meu país apenas uma linha de pensamento pudesse ter voz ou registro. Isso nunca me incomodou, apesar de, por diversas vezes, ver a preocupação e o pânico estampado no rosto de minha família. Já houve gente vaticinando que este blog desapareceria em breve tempo e... Erraram! Houve quem ameaçasse com muito mais contundência para que eu desanimasse e desistisse de continuar escrevendo o que penso... Perderam tempo! Devido ao calor emanado na última eleição decidi me ausentar um pouco do Blog e também reforçar a preservação de minha privacidade nas tais redes sociais. Lamento, devo ser isolado nessa convicção, mas acho a exposição em redes sociais algo muito perigoso e perversamente prejudicial a sociedade como um todo, mas dedicarei tempo em um texto exclusivo para esse assunto.

Confesso que sou contra o projeto de poder do partido que está atualmente no governo, mas também não encontro razões para ser favorável a oposição anêmica vigente. Lamento de novo! Mas não confio em nenhum dos partidos que ora se colocam em oposição contra o governo. Mais do mesmo, apenas isso! Para as pessoas que se incomodam quando recorro a palavras mais duras ou até palavrões, eu mantenho outro site (aqui), onde procuro elevar a qualidade dos meus textos, mas pouco tem a ver comigo, senão, com os projetos literários aos quais me dedico. É assim por que minha natureza é combativa! Sou arrogante, admito! Orgulhoso e muito zeloso com minhas convicções! Isso me custou várias amizades, o que agradeço de coração, pois as pessoas que se mantiveram próximas a mim são as que realmente agregam alguma coisa a minha vida. Além do mais... Não dou a mínima para opiniões contrárias que não oferecem argumentos básicos para conquistar meu respeito ou admiração.

Não criei esse blog com interesse em ter seguidores e, muito menos, anunciantes. Para deixar mais explícito ainda o que faço decidi reafirmar meus princípios e minhas intenções para manter esse blog no ar. Esse blog é mantido única e exclusivamente com meus recursos que são adquiridos através da minha força produtiva sem nenhuma influência, seja de quem for! Por isso não aceitei ou aceitarei publicidade paga aqui. Manterei minha independência custe-me o que custar! Se algum anúncio for exibido nesta página será simplesmente por que confio no produto, conheço a administração da empresa e a endosso ao mercado! De maneira alguma eu necessito auferir qualquer quantia através desse blog, pois graças a Grande Força Criadora desse universo, sou abençoado com ampla capacidade produtiva e enorme disposição para realizar as coisas. Por essa razão também eliminei os anúncios do Google Adsense que surgiam na página sem o meu controle. Apesar de ser o servidor onde hospedo meu blog (de outro jeito já teriam removido ele do ar!), considero uma baita afronta a invasão que o Google realiza através das informações que as pessoas, de maneira incauta, disponibilizam na internet.

Agora... O principal! Me declarei apartidário quando iniciei os meus registros e isso por várias vezes foi questionado. Ora! Não que eu deva dar explicações sobre qualquer coisa, pois não me obrigo nunca a isso. Porém, é bom esclarecer de vez. Considero (e isso é uma convicção minha e irrevogável) cada partido político constituído em meu país no atual cenário uma FACÇÃO CRIMINOSA legitimada pela Constituição! São, no mínimo, estelionatários! Não me referirei mais a partidos como legendas ou meras frações de pensamento, pois isso é falso! Como pode haver mais de 30 partidos (com mais quatro no forno) em um país democrático sem que o motivo seja a falta de identidade própria? Quantas ideologias, projetos e programas de governo cabem de fato? Sou (e sempre serei) Liberal, tanto no pensamento quanto a tudo o que se refere ao mercado. Já fui anarquista (quando isso parecia fazer sentido), simpatizante das ideias nefastas do comunismo e até militante do PT. Mas, isso é uma mancha que a maturidade fez reduzir a intensidade do estrago! Não apaga o registro débil de minha adolescência, mas corrige muito da demência que poderia influenciar na minha vida e na de outras pessoas se eu mantivesse esse traço patológico até hoje.

Aprendi a me opor a uma ideologia sinistra que primeiro colocou os pobres contra os ricos e assim manteve os pobres cada vez mais pobres e a riqueza um estágio cada vez mais distante de certas categorias por que eles precisam que o mundo seja assim dividido para se sustentarem no poder. O atual governo do meu país segue a mesma linha prejudicial e tem sido bem sucedido em manter essa separação. Agora elevaram isso ao extremo colocando os nordestinos contra os paulistas (e vice-versa), em uma orgia satânica sem sentido e eternizadora do atraso intelectual. De novo! Eles precisam que seja assim! Dividir para conquistar, prática velha de quem quer dominar! Primeiro defendi os nordestinos (aqui, aqui e aqui), e tenho muito para embasar essa defesa. Mas, depois vi grande parte dos nordestinos caindo na armadilha e devolvendo a agressão dando de bandeja um presente ao Estado. Antes o Estado era o inimigo. Onde chegamos... O povo se tornou inimigo de si mesmo!

O que me tornou opositor dessas ideias cretinas que ainda são chamadas de "esquerda política" é o fato de que tais pensadores e multiplicadores desse pensamento não admitem a existência de pessoas como eu! Não me sobraria nada mesmo, senão, me opor a elas! Ora! Desde que eu sou capaz de admitir pensamentos contraditórios aos meus, o mínimo que posso esperar é o mesmo comportamento de quem de mim discorda! Se não é possível que grupos discordantes possam conviver de maneira civilizada em uma democracia, então já não vivo em regime democrático. O que está em curso é outra coisa e a isso combaterei! Amanhã, às 14h na Avenida Paulista, ocorrerá uma marcha de protesto contra o estado atual das coisas. Estarei lá! Sou sempre favorável ao direito ao protesto, mas nunca a manifestação articulada e bandida como tem sido realizada por certos coletivos que tomam de assalto reivindicações que não refletem de fato o que a grande população almeja. Exemplos: MTST e MST! Esses ai se levantam para reivindicar o que suas categorias realmente desejam? De forma nenhuma! Como podem ter a coragem de se manifestar contra... O POVO? Agem para pressionar mudanças que favoreçam apenas ao projeto de poder de agentes que, de fato, estão muito longe de serem trabalhadores!

O Estado conseguiu! Não há mais multidão nas ruas para exigir que ele seja mais sério! O que há é POVO contra POVO! Pessoas se levantando contra o direito divino que a todos nós pertence: o de protestar! Há que se gerar alguns questionamentos, afinal a quem interessa o estado lastimável no qual nos encontramos atualmente? A unica vez que participei de uma manifestação (e me dei mal!) foi contra o Governo Fleury em 1993 por conta do descaso com os professores. Não participei junto aos "Caras Pintadas" em 1992 por que desconfiava (e com razão) das motivações. Não participei do "O Gigante Acordou" em 2013 por que não se tratava de um despertar da nação... Na realidade era o soluço de um coma alcoólico. Mas, com certeza estarei em frente ao MASP amanhã, sobretudo por causa da maneira que certos jornalistas e certos idiotas úteis estão tratando o movimento. Meu Deus! Quando bandidos vandalizavam nas ruas em 2013 eram ativistas protestando e agora quando famílias insatisfeitas e organizadas vão para as ruas são reacionários, elite branca e golpistas! Eles tem tanto direito ao protesto quanto qualquer um nessa nação e precisam ser defendidos desse ataque absurdo. Primeiro por que, embora existam alguns equivocados pedindo por intervenção militar (que está previsto em nossa Constituição, mas é uma péssima saída), a maioria absoluta estará nas ruas pedindo competência, austeridade, honestidade e capricho de seus representantes.

Somos trabalhadores de verdade que lutamos para participar do progresso de nosso país e o vemos ser diuturnamente assaltado por ratos preguiçosos que tem horror ao trabalho! Somos pais, professores, enfermeiros, médicos, enfim, trabalhadores insatisfeitos com o descaso com que o Estado tem nos tratado! Embora a palavra trabalho tenha origem pejorativa e esteja muito próxima de um sentido que remete a tortura e, em outra via apareça ornamentada por frases que afirmam dignificação da alma, etc e tal... Gosto do trabalho por que dele aufiro meu sustento e através dele realizo meus projetos. Gosto ainda mais das pessoas que amam o trabalho e não se alinham a supostos defensores dos trabalhadores. Não gosto de sindicatos, pois conheço-os visceralmente. Não compartilho com certa linha de pensamento que condena empresários demonizados como corruptores por que eu mesmo, como empresário, por três vezes, em três diferentes prefeituras, estive na situação de ser obrigado a pagar propina para ter meu produto entre as possíveis aquisições dos municípios. Não aceitei! Resultado: não sou mais empresário da elite branca, hoje faço parte da Classe Média brasileira (a do Lula, não a verdadeira!).

O meu protesto é contra a ocupação de espaços para garantir a permanência do poder de qualquer facção, não importam quais sejam as intenções! O meu protesto é contra a doença da ideologia gramsciana e o loteamento de repartições públicas por esbirros comprometidos apenas com o próprio umbigo! O meu protesto é contra qualquer um que se ache o dono absoluto de uma verdade sem permitir que outro manifeste seu ponto de vista sem rotulá-lo, rebaixá-lo ou ainda, desconstruir sua reputação. Uma vez afirmei neste blog que eu pegaria em armas para defender minha liberdade e aos que amo. Minhas armas sempre foram meus argumentos que, não importa como são construídos, são meus e embasados em minhas convicções que me são caras! A qualquer que esteja disposto a debater, minha disposição verdadeira em respeitá-lo e dedicação máxima ao diálogo construtivo. Estarei sempre disposto a construir entendimento com quem discorda da minha maneira de pensar por que dessa maneira também posso evoluir. Mas, aos que preferem a agressão: "Si vis Pacem para Bellum"! Ou, nas palavras do atual Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, referindo-se a oposição em palanque eleitoral: "Não passarão"! E dessa vez, não é metáfora!

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.