Rádio Na Pior

Últimos Artigos
recent

Bolsonaro versus Maria do Rosário... E o Lula?

Bolsonaro Versus Maria do Rosário - Um Asno
Tem coisas que não valem a pena ser registradas, mas o tumulto que causam é tão grande que se torna difícil não levantar a discussão. Eu não votaria no deputado Jair Bolsonaro em um eventual pleito a Presidência da República, porém considero indispensável sua presença no Congresso Nacional. Em um regime democrático há, sim, a necessidade de representantes do seu naipe. Há sim necessidade de progressistas, liberais e conservadores em uma democracia, pois, é desse modo que se constrói o debate e se equilibra o jogo. Bolsonaro encontra centenas de milhares de eleitores que simpatizam com seu modo de defender os valores que acredita. E nisso ele também tem minha afeição. Mas fala bobagem bragarai também!! A frase que ele dirigiu a deputada Maria do Rosário (PT) é infeliz e irrefletida. Ultrapassa a barreira do ridículo por que ao afirmar que "não a estupraria (Rosário) por que ela não merece", Bolsonaro é traído pela gramática que conduz ao entendimento de que, para o deputado, há mulheres que mereçam ser estupradas e que ele assim procederia! Pela lógica, no conceito de Bolsonaro, Maria do Rosário não entraria na categoria das que merecessem (???).

Embora 80% de sua fala depois desse imbróglio tenha a aceitação de enorme fração de nosso país, ele, novamente, se colocou em maus lençóis e armou a galera que há muito pretende tratorá-lo devido aos ataques que disfere contra o governo. Acontece que se há justiça e Jair Bolsonaro deve enfrentar um processo de cassação, o mesmo deve se dar com sua recém convertida a vítima, Maria do Rosário. Está a vista de todos no Youtube o momento em que ela interrompe uma entrevista onde o deputado falava e o agride insultando-o enquanto indivíduo e o chamando de estuprador. A melhor resposta que Jair encontrou naquele instante foi essa pérola da gramática que ele criou. Com certeza o nível de ofensa que ele procurava seria algo no patamar de: "sua sensualidade é tão desprezível que nem a um estuprador seu corpo interessaria". Dói do mesmo jeito né!! A verdade é que os dois são exatamente o extrato do que tem de mais baixo em nossa sociedade atual. Quando nos deparamos com nossos "divergentes" e não alcançamos argumentos suficientes para desencorajá-los, apelamos para a baixaria. Ambos são assim! Maria do Rosário também é colecionadora de pérolas, as mais diversas. E quando ela quer ser irritante... Guenta!!

Tenho certeza absoluta de que Jair Bolsonaro não simpatiza com estupradores e receber de uma mulher tal alcunha não deve ser algo digerível com facilidade, sobretudo naqueles instantes em que o sangue ferve. Porém, resgatar esse episódio foi a pior das suas escolhas. A frase já havia sido infeliz na outra ocasião, mas poderia muito bem passar por um lapso verbal. Afinal... Tem gente que fala muito mais bobagem e agride com muito mais violência e ainda é aplaudido e pessoas repetem seu nome em coro! Também acredito firmemente que Maria do Rosário não considere que Bolsonaro seja mesmo um estuprador. Ocorre que, nessa conjuntura de igualdade, se uma mulher agride a um homem chamando-o de estuprador, normal, quem liga? Mas se um homem lhe devolve o "carinho" dizendo que não a estupra por que ela não merece, meu Deus!!! Ora, ela deveria era agradecer, pois um homem reconheceu que ela não mereceria ser estuprada! certo que o contexto é outro e ambos falaram merda. Como dizia aquele velho deitado: "quem fala o que quer, escuta o que não quer!".

Para mim não seria algo que merecesse mais do que aquelas vexatórias situações onde um é obrigado a se desculpar com o outro... Mas qual!!! O baguio azedou para o lado do Bolsonaro! E... Na maior parte por culpa dele próprio e da imprensa! Nessas horas eu quase concordo com o PT e seu fetiche por mordaçar jornalistas e blogueiros! Não concordo com tudo o que escreve o jornalista baiano Lelê Teles. Aliás! Não concordo com quase nada! Mas que ele escreve bem bragarai, a isso escreve!! Teles maneja as palavras como aqueles malabaristas tão habilidosos que chegam até a hipnotizar a gente! Mas tem um tantim de maldade nessas linhas bem articuladas... Assim como tem maldade na articulação do PT, PCdoB, PSOL e outras facções nanicas! Não estão propondo cassar o mandato de um homem por que falou besteira na Tribuna. Aliás, se aquela tribuna tivesse estômago certamente vomitaria a cada vez que fazem uso dela por que haja besteira pra sair da boca de senhores despreocupados por causa da imunidade parlamentar!

Voltando ao Lelê... Leio frases fortes como essa: "Alguns desmiolados na grande mídia, pretendendo agradar aos patrões bilionários, decidiram chocar um ovo da velha Hidra que estava perdido por aí, sentaram-se sobre ele - revesando - e o aqueceram até que o monstrinho ganhou vida e ganhou as ruas". Adoro a maneira como ele brinca com as palavras e as enriquece com comparações míticas! Mas, a intervenção de Teles é para atacar todos os que fazem oposição ao modelo que ele elegeu como ideal. Mais a frente ele chega lá e dá nomes aos alvos: "Há Lobões, Mervais, Jabores, Mainardis, Azevedos, Waacks... (...)". Faz referência a Hidra de Lerna para enfatizar sua análise de que apenas um "Hércules" (talvez Lula!!), seja capaz de aniquilar a besta. Vamos lá... Bolsonaro não é cria de ninguém e, nem tampouco, tem a afeição dos outros citados. É um Quixote na Câmara junto com outros tantos Sanchos. Isso é só uma maneira de desconversar e lembrar aos leitores de que o inimigo é a "oposição". Não importa qual e de quem! Opositor é alemão e pronto! Uma salada só...

E quanto ao rei das aberrações gramaticais e agressões disparadas em todas as direções?? O divino Lula é o campeão de baixaria, mas nunca vi a galera que pede a cassação de Bolsonaro criticá-lo por isso. Ao contrário! Chegaram ao cúmulo de exaltá-lo justamente por isso! Lula mente, admite que mente, vocifera palavrões, balbucia insultos, estimula a raiva, etc... E, ainda assim, é celebrado e cultuado! O divino usa, para não variar, a sua origem humildade como atestado prévio de honestidade. O que é, evidentemente, uma farsa. Ele reclama do quanto são injustos contra sua pessoa quando o criticam, mas quando foi que ele se mostrou piedoso (e seus confrades) contra aqueles que estavam, por ocasião, no comando, enquanto ele estava na oposição? Mas, o ponto alto nem é esse... Bolsonaro tem sido associado a figura de vilão por agredir uma mulher. Provo que o divino Lula é um agressor ainda mais grotesco contra todas as mulheres brasileiras e não só a uma.

Quando uma mulher ascendeu pela primeira vez ao comando do meu país, ainda que esta não tivesse sido a minha escolhida, afirmei diversas vezes que era melhor estar nas mãos dela do que nas de Lula. Quão grande foi o meu equívoco... Nunca saímos das mãos de Lula! Chega a ser vergonhoso para todo um gênero que esse mané não desgrude do poder e que sua apadrinhada não consiga escolher um mísero ministro sem que ele a conduza ou referenda sua a escolha. A prefidenta se desloca de Brasília até São Paulo para receber a iluminada opinião do divino e, quando não, ele vai até Brasília para ditar os rumos do (des)governo. Não foi ele que, considerando a presença de FHC na mídia durante os primeiros anos de seu mandato um exagero, afirmou que ensinaria ao ex-presidente como ser "ex"?. Um homem que se mete a carpinteiro no governo alheio é o quê? O que faz Lula quando diz para a prefidenta que rumos ela deve tomar, quem ela deve exaltar ou desprezar e como deve dialogar com os outros? Eu respondo: ele agride não só a ela, como a todas as mulheres dessa nação! O recado que o divino Lula passa para toda a sociedade feminina (com a conivência da prefidenta), é de que mulher não governa sem um homem que lhe conduza!

É isso mesmo! Desde sempre me incomodou essa presença nefasta de Lula com a canga em sua apadrinhada. Em seus discursos ele maquia, mas o negócio dele é mandar mesmo e o dela, ao que tudo demonstra, é o de obedecer! Querem agressão maior às mulheres do que esse exemplo que o divino nos trouxe. Cada vez que ele intervém e a prefidenta se submete, é uma agressão a todas as mulheres que ela aceita. É exagero? Espia só... Se um marido não bate em sua esposa e nem a humilha com palavras de baixo calão, mas a impede de ser o que ela realmente é, cerceia sua liberdade feminina, impede seu desenvolvimento como pessoa e impõe sua opinião desprestigiando a dela chamamos isso de agressão ou não? Se alguém que esteja lendo isso considera, como eu, que se trata de uma agressão, então estamos na mesma linha de pensamento. Lula agride Dilma e a todas as mulheres quando se mete a ser mais presidente do que ela.

Para concluir de vez...
A associação da violência de Bolsonaro com a violência de Lula contra as mulheres foi inevitável. Até por que eram, em sua maioria, as mulheres parlamentares que discursaram e pediram pela cabeça de Bolsonaro na ocasião. O discurso era afinadíssimo! Era para se produzir um exemplo contra aqueles que agridem as mulheres. Pois bem, Bolsonaro deve sofrer alguma sanção por falar abobrinha mesmo. Mas... As mulheres continuarão caladas enquanto o divino Lula governa através de sua extensão submissa? E a Maria do Rosário que o chamou de estuprador? Dois pesos e apenas uma medida, senhoras! Nada de jogar sujo!

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.