Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Terror na França: Uma sucessão de análises errôneas

Atentado em Paris - Blog do Asno
Isso já aconteceu antes... Irá acontecer com mais frequência e isso é um fato! Irá acontecer em nosso solo muito em breve e isso também é um fato! Desde os atentados na França ao jornal Charlie Hebdo, em 7 de janeiro de 2015, venho prestando atenção aos artigos que certos intelectuais, ditos progressistas, espalham pela rede. Chega a ser asqueroso! É uma lógica muito estranha que tenta justificar o sentimento de ódio que existe contra o Ocidente. É contra o Ocidente e não só contra algumas potências ocidentais! Não gostam de nós e não aceitam o nosso estilo de vida. É compreensível e aceitável que outras ideologias, cuja cultura não está alinhada com a nossa, repudiem nosso comportamento e nem queiram compartilhar do mesmo espaço que a gente. O que não é aceitável é a agressão. Aqui e ali vejo pensadores argumentando sobre a intervenção da França contra os militantes da Frente de Libertação da Argélia, há 60 anos, e sobre a rapinagem das potências ocidentais contra os pobres países do Oriente Médio agredidos outrora.

Desse modo, somos nós, os ocidentais, os verdadeiros agressores e estamos colhendo o que plantamos. É trapaça intelectual! Nenhum país intervém em outro sem a complacência de muitos internos que o consideram bem vindo. Sempre que um país ocidental, burramente, se prestou ao serviço de colocar tropas em solo estrangeiro, o fez a convite! Quando atacam a França é, primeiro, por que esse país é mais acolhedor do que os demais naquela região. É só prestar atenção ao imenso número de imigrantes que para lá se deslocaram nas últimas décadas. É cada vez mais raro encontrar um parisiense nativo naquele país. Portas sempre abertas, como as nossas fronteiras, acolhem boas visitas e também as indesejáveis. O ataque a França é também um ataque contra todas as nações ocidentais. Podem ter certeza de que nos últimos anos acolhemos muitos desse psicopatas que já estão há muito tempo doutrinando nossos jovens para um momento muito conveniente. E mais! Terror nada tem a ver com condição socioeconômica. Terror não colhe outro resultado, senão mais terror. O ETA e o IRA parecem já ter compreendido isso...

A patologia que leva um garoto francês de classe média ao terror contra seus pares é a mesma que conduz nossos jovens a carregar estandartes e marchar em favor de uma utopia como é a proposta de muitos círculos em nossa sociedade. Essa patologia chama-se idealismo. É perigoso quando um idealista acredita que seu ideal é a única saída para a humanidade. Ele se esquece que existem outros humanos nessa humanidade e esse é um caminho curto e sem retorno para a intolerância. O Estado Islâmico, assim  como a Al Qaeda e outras designações que já existiram e ainda irão surgir tem seu sucesso na maior ferramenta utilizada por esse tipo de idealismo excludente: a propaganda. Esses grupos chegam com facilidade, principalmente, aos mais jovens por que conseguem atingir com eficácia o sistema límbico muito mais dominante nessa faixa de idade. Razão não é a maior virtude daqueles que ainda não estão maduros e não há objetividade nas ações daqueles que escolhem um extremo qualquer.

Entender como funciona a visão de mundo dos extremistas do oriente exige o estudo profundo de sua cultura, mas uma leitura analítica do livro "Sete Pilares da Sabedoria" de T.E. Lawrence nos fornece um panorama. Ainda que o Ocidente jamais tivesse se aproximado desses povos, seríamos atacados de qualquer maneira. O que move os extremistas é maior do que qualquer ideal que os ocidentais já conseguiram imaginar. Não se trata de Islã, cultura, agressão ou pilhagem. Está além disso! A França tem o direito de se erguer contra os agressores e utilizar para isso os recursos que estiverem ao seu alcance. Logo irão aparecer retaliações contra a reação francesa, seja por casos de eventuais torturas ou outras aberrações desumanas. Acontece que não irá demorar muito e teremos nossos próprios atentados e, nesse caso, quais serão as justificativas que os "pensadores" irão conjecturar? Já fomos colonizados e pilhados por nações como Portugal, Holanda, Inglaterra, etc... Isso também nos qualifica para pegar em armas e desabar em atos de terror sobre essas nações?

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.