Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Impeachment, Copa do Brasil e PLN 05/15

Impeachment da Presidente Dilma - Blog do Asno
A democracia ainda é uma jovem senhora balzaquiana em meu país. Sou um pouco mais velho que essa jovem e é a segunda vez que vejo um pedido de impeachment ser admitido por um presidente da Câmara dos Deputados. O pedido de Miguel Reale Jr. e Hélio Bicudo é técnico, embasado e justo. Ainda não significa que haverá abertura do processo, pois isso é prerrogativa do Senado e não da Câmara dos Deputados. Porém, de qualquer modo mantenho-me contrário ao mesmo, não por que não existam elementos ou porque esse governo não tenha de ser arremessado pela janela. Longe da falácia de que o pedido seja um golpe, por que ele segue as regras democráticas e a prefidenta tem todo um arsenal de recursos para se defender. Isso pode significar que temos uma democracia onde as instituições funcionam, mas pode significar algo ainda muito mais catastrófico. Ter uma democracia tão jovem e mais um impeachment no horizonte significa que ainda somos uma nação do oba oba. Escolhemos muito mal e por razões ainda piores os nossos representantes e daí achamos que é só promover um recall e começar tudo novamente. Não pode haver pensamento mais destrutivo. Esse governo teria de terminar seu mandato e todos nós deveríamos aprender também com nossos erros. Esse governo errou (e muito), mas os verdadeiros responsáveis fomos nós desde o início.

Enquanto o Congresso estava reunido para decidir a votação da PLN 05/15 que altera a meta fiscal do país, ou seja autoriza o Executivo a continuar irresponsável com os recursos que subtraem de todos nós e, enquanto o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, decidia pelo acolhimento da denúncia contra a presidente, o país acompanhava com atenção religiosa ao embate entre Palmeiras e Santos na final da Copa do Brasil. O resultado da votação saiu, fogos eram disparados, havia ocorrido um gol. O presidente da Câmara faz seu pronunciamento, mais fogos. O Palmeiras sagra-se campeão. A noite segue adentro com pessoas berrando pelas ruas. Até eu que sou surdo podia ouvir toda a comoção de torcedores e não torcedores. Todos comemoravam a nossa miséria alheios ao que ainda tem por vir de muito pior. Por três vezes alertei, "vem temporal aí"... O temporal chegou! Se 2014 foi horrível e 2015 conseguiu ser pior, façam um leve exercício para ver o que virá em 2016.

Se a PLN 05 não fosse aprovada, o governo estaria em maus lençóis em 2016. Porém, com sua aprovação, quem fica em maus lençóis somos todos nós com o precedente que ainda se tornará regra, ou seja, qualquer governo pode gastar o que não possui por que basta aumentar impostos e transferir a conta de suas cagadas para o povo. Muita bobagem foi dita por parlamentares ontem para justificar sua aprovação. Chegaram ao ponto de usar chantagem afirmando que pessoas morreriam em filas de hospitais e etc. Espia só! Pessoas já morrem em filas de hospitais! Quem teve a chance (por treze anos) para mudar essa realidade é quem agora culpa até o Pinóquio por não ter sido capaz. O pior não é ser incapaz de admitir suas falhas, é usar a fantasia para justificar seus erros. Esse governo causou essa crise onde estamos. Não tem nada a ver com a crise internacional a qual o divino messias pernambucano chamou de "marolinha". O governo fez merda, não admite que fez e ainda joga a responsabilidade para os outros.

O pedido de impeachment só foi admitido por que não há lideranças de verdade nesse governo. Nossa prefidenta é torta no diálogo, inábil nas negociações, incapaz de coordenar e cercou-se de uma tropa de arrogantes de merda com talentos ainda inferiores. Não houve golpe e nem ressentimento por parte de uma oposição que nem existe de fato. Os que provocaram o pedido de impeachment foram os governistas com suas atitudes e discurso. Todos os esquerdinhas que há quarenta anos escolheram o combate armado e o terrorismo para implantar uma ditadura à cubana no Brasil estão no poder atualmente e demonstraram uma absoluta inaptidão para ocupar qualquer instância deste. Golpe foi o que eles promoveram todos esses anos para chegar ao poder utilizando de todos os recursos gramscianos e maquiavélicos. Golpe eles nos deram imprimindo na cabeça das crianças e dos jovens sua hegemonia que se revela agora apenas um vazio discurso e uma fé arraigada numa ideologia defunta. São incapazes de realizar o que pregam, são incompetentes para exercer qualquer atividade de poder e arrogantes demais para reconhecer que estavam errados o tempo todo.

Se déssemos um terço de audiência que damos aos campeonatos, às novelas e ao Facebook a política, não estaríamos na armadilha que nos colocamos agora. Nesses trinta anos não ensinamos nossos representantes a servir e sim permitimos que eles fossem servidos por nós. Temos de aprender a pagar a fatura por nossos erros. Ainda é a urna a melhor opção que possuímos e temos desacreditado nela nos últimos pleitos. É um novo tiro no pé! Ao invés de mutilar a crença no sistema democrático que temos, teríamos é de nos tornarmos mais responsáveis e criteriosos ao escolher nossos representantes para não passarmos pelo choque de um impeachment. O argumento daqueles que são favoráveis ao impeachment é válido. Para esse governo ser ruim ele precisaria melhorar muito! Porém, nós o fizemos desse jeito, senão pelo voto, pela inércia. De novo, comemoramos o final de um campeonato, saboreamos a hipnose das telenovelas, acompanhamos freneticamente as atualizações nas redes sociais, mas não nos disciplinamos para dedicar quinze minutos, ao menos, de nosso dia para clarear nossa visão sobre a política que é a responsável pela qualidade de nossas vidas. Quem são os verdadeiros responsáveis pela merda que nos metemos nessa última década e por quais razões... Não vale se isentar por que não votou ou não escolheu o atual governo. Se não somos responsáveis pela ação, o somos por não agir. Tentem refletir sobre isso. 

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.