Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Janine fala asneira sobre os gravações da PF

Renato Janine Ribeiro - Blog do Asno
Tô falando... Renato Janine Ribeiro, em minha opinião, é um grande pensador e sua contribuição é relevante sob muitos aspectos. Porém, quando o assunto é a defesa do partido político que aprecia ele escorrega feio na lógica. Em um texto publicado em sua página pessoal no Facebook e espalhado na internet, o filósofo e ex-ministro da Educação, criticou o "grampo" de conversas entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a prefidenta Dilma Rousseff. Para Janine, o episódio revela um caráter arbitrário e que abre um precedente para que decisões de exceção sejam cometidas contra qualquer cidadão brasileiro. Falácia pura! Argumento indigno de uma pessoa tão laureada! Vou reproduzir o texto na íntegra e comentar algumas passagens em destaque:
“Esqueçam por um momento que foram Dilma e Lula os grampeados ilegalmente ontem à tarde. Pensem que, agora, não há mais limite algum ao grampo ilegal e a seu uso igualmente ilegal. A qualquer momento, um policial e um juiz podem mandar gravar você. Você, empresário, psicólogo, o que seja. Conheço psicólogos que atendem pelo telefone. Podem ser grampeados – e com boas razões, porque, afinal, há clientes que superfaturam ou corrompem, e que contam isso ao terapeuta. Há sacerdotes que ouvem confissões. Confissão é de coisa errada, não é? Ótima razão para gravar e apurar. Empresários podem sonegar, ótima justificativa para grampeá-los, todos, não é? Mesmo que não soneguem.
De cara, dois argumentos falaciosos. Esquecer uma ova! Dilma, Lula, Janine, ninguém está acima da lei! Todos devem andar na linha. Se a prefidenta não queria seus "diálogos republicanos" divulgados, reservasse-os apenas a pessoas que não estão para serem presas. Grampo ilegal uma ova! As gravações foram autorizadas pela justiça e o grampeado é um investigado pela PF. A prefidenta é quem deve explicações sobre suas conversas com esse tipo de gente. Ela não é presidente apenas quando discursa, deve manter sua postura de mandatária o tempo todo. Não estamos falando de uma celebridade do Big Brother e, sim, da autoridade maior de nosso país! Mas, a conclusão do trecho é ainda pior. Esse terrorismo de que qualquer cidadão poderá ser grampeado ilegalmente não cola mais. Gravações autorizadas são um instrumento imprescindível para investigações inteligentes. Quem nada comete de ilícito ou infringe as regras do estado de direito, nada deve temer da justiça. Um amigo meu de Birigui, teve seu diálogo gravado durante uma investigação. No caso o investigado era um ladrão de cargas muito conhecido e a polícia quis saber de meu amigo qual a razão de ter mantido contato com o bandido. Demonstrada a razão, sem o mínimo vínculo com as atividades do pilantra, meu amigo nada deve a justiça. O que temer? Utilizar profissões que primam pelo sigilo como psicólogos e até sacerdotes é outra armadilha intelectual! Todos sabem que esses sigilos são protegidos e nada fáceis de se quebrar. Não estamos no tal estado policialesco publicizado pelos erquerdinhas. Embora, em certas ocasiões, devêssemos estar!
Isso já começou, quando o sigilo acusado-advogado foi rompido. Claro, o acusado é bandido, não é? E nestas gravações, caro amigo, cara amiga, podem descobrir coisas que nem desonestas são, mas que vão te causar um mal danado. Podem descobrir, empresário, que você pretende lançar um novo produto na praça. E podem divulgar este segredo para seu concorrente. Podem descobrir que o analisando teve um filho antes de casar, que pretende reconhecê-lo, mas que está difícil fazer isso porque vai dar problemas com o cônjuge. Todo mundo tem uma vida íntima. Esta vida íntima pode ser gravada. Pode ser divulgada pela Internet ou vendida a uma pessoa que não gosta de você. 
Mané do céu! Isso vindo de um pensador como Janine coloca em dúvida todo o seu trabalho como formador de opiniões! Todo mundo possui, sim, uma vida íntima. Nem tudo interessa a polícia ou a justiça. Basta seguir o que está previsto na lei, porra! Se infringir a lei, pode e deve ser, sim, grampeado, gravado, cassado e preso! Até parece que esse tipo de coisa já não ocorre, só que não é a Polícia Federal que produz esse tipo de trabalho bandido! É só ver o que assessores "aloprados" fazem durante as campanhas eleitorais. Isso, sim, deveria ser questionado e estar na pauta. Não o trabalho da justiça.
É por isso que as liberdades burguesas – faço questão de usar o nome meio pejorativo que a esquerda lhes deu, mas que tem uma certa razão, porque são liberdades do indivíduo contra a interferência do Estado – são tão importantes. Hoje muitos estão felizes porque acham que pegaram Lula e Dilma. Na verdade, pegaram você. Você não tem mais proteção contra os agentes da lei. Eles farão com você o que quiserem. Poderão chantagear você. E não venha com o quem não deve não teme. A vida íntima não é feita de ilegalidades. Ela é feita de segredos, sim, que ninguém tem o direito de invadir. Ninguém tem o direito de saber uma multidão de coisas que são suas. OK, Mark Zuckerberg sabe. Mas ele está interessado em big data e não em você especificamente. Então fique contente, e quando sua vida pessoal for exposta, lembre que você apoiou isso.
Pode parar! Terrorismo puro! Mesmo durante a ditadura, quando escutas eram muito mais prejudiciais e atendiam a uma ordem dura contra cidadãos inofensivos (nem todos!), quando foi que se explorou "segredos" das intimidades alheias?? A justiça está interessada em gente autoritária e arrogante que não admite a supervisão dela. Os segredos íntimos de Janine, acredito eu, jamais o colocarão na cadeia e jamais serão explorados pela Polícia Federal, a menos que ele deva-lhes explicações sobre algo. Ele deve temer muito mais ao Faciobuquio do que a PF.
(Reflexão depois de ouvir a gravação Lula-Eduardo Paes. Nada de relevante para a sociedade saber, Nada mesmo. Puro exercício de prepotência: vejam quem manda. E mesmo isso – a brincadeira de Paes que Lula, você tem alma de pobre – está vindo à tona. Quando pegarem sua vida íntima, debocharem de seus gostos, venderem sua intimidade, aproveite sua descida aos infernos para fazer contrição, confissão, talvez comunhão).”
Aí sim!! Agora foi! Esse é um argumento completamente indigno de um formador de opiniões! Lixo retórico e falácia da mais grosseira estupidez. Os meus gostos, de cidadão comum, são completamente lixo para a maioria das pessoas e não tem relevância alguma para todo o resto de uma nação. Porém, o que um prefeito eleito com milhares de votos de comunidades pobres, sobretudo, Maracá, e um ex-prefidente eleito com a maioria dos votos dos trabalhadores pobres que ainda acreditam que esse cara os representa, tem relevância nacional, sim! É obrigação das pessoas de bem tornar público esse tipo de postura. Vai fazer piada com as rendas da calcinha da mãe! Além do mais, senhor Janine... Já debocham demais de nossos gostos, exploram nossa vida íntima e vendem nossa intimidade. Mas, não são da Polícia Federal... São defensores do seu partido! Já deu... O pensamento da esquerda que você defende não possui moral alguma para criticar ações alheias.

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.