Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Os gritos oriundos das ruas ecoarão nas urnas em 2018

Manifestações do dia 13 de Março de 2016 - Blog do Asno
Para um país, cuja natureza da sua população é quase sempre letárgica e indiferente a tudo o que ocorre a sua volta, conseguir tirar de seus lares mais de 3 milhões de pessoas é um fenômeno! Um fenômeno que só foi possível graças a burrice do Partido dos Trabalhadores. O PT nos iludiu a todos com seus discursos, cujos gatilhos eram suas palavras mágicas: a inclusão e justiça social, a libertação dos oprimidos pelas classes dominantes, a ética e a moralização da política e etc. Porém, quando conquistou o poder, seu melhor argumento de defesa pelas baiarias promovidas foi afirmar que os "outros" também não são santos! Sua melhor retórica é a demonização daqueles que pensam diferente, a desqualificação dos divergentes e a ofensa direta aos que publicamente se declaram contra seu descaramento. O tempo todo o PT e suas flanges provocaram os trabalhadores que se tornaram insatisfeitos com a incapacidade dos agentes que governam o país. Provocam-nos nos alcunhando de "coxinhas", "golpistas", manipulados pelaszelites e, quando não, de sermos a própria elite, a Casa Grande opressora dos excluídos que só eles possuem autoridade moral para defender. Como são burros! Tem elite bragarai nesse país, então!

Perdem cada vez mais sua influência por que ainda não perceberam que é essa porra de discurso que mais irrita a população, por que todos já aprenderam que o PT é incapaz de realizar quaisquer de suas propostas encantadoras dos idos de 1980. O PT inventou adversários, fez com que todos acreditassem em uma luta imaginária e convenceu a maioria de que eles estavam prontos para derrubar o inimigo fantasioso criado. Seu maior erro foi utilizar uma força tarefa de agentes, pretensiosamente pensadores, infiltrados em escolas, universidades e imprensa para, com a repetição de seu discurso, tornar real a sua fantasia. Demonizaram tanto aos outros governos e não se deram conta de que já estão no poder há 14 anos e tudo o que celebram com tanto alarde não passa de migalhas lançadas ao chão pelo descuido de seus protegidos. Fingem que a vida do cidadão melhorou, mas foi apenas a vida financeira de todos eles que disparou nesses últimos anos. Como realmente melhoraram suas vidas! Durante os depoimentos, aqueles que estão encarcerados, como José Dirceu, se dizem pobres e desprovidos de quaisquer recursos para pagarem suas multas devidas à justiça. Porém, possuem recursos para pagar advogados caríssimos para justificarem suas contas bancárias obscenamente obesas e cevadas às custas de todos os trabalhadores.

Não sou burro ao ponto de acreditar que as manifestações produzirão algum efeito prático nas próximas eleições. Continuo achando que durante o ritual do voto, a maioria de nós passa por um transe que nos faz regredir a infância e assim, metemos o dedo sem pensar no que fazemos. Mas, o PT cometeu um grande erro. Apostou no seu patrimônio, certa categoria de movimentos sociais, e passou a ridicularizar qualquer manifestação contrária aos rumos do país escolhidos pelo partido. Não dialogaram com o povo realmente, apenas trocaram ideias com seus grupelhos fartamente abastecidos com nosso dinheiro. Não ouviram a voz de mais ninguém, senão a própria voz e continuam promovendo erros. Nunca foi um partido coerente e mantém-se fiéis a essa incoerência. Milhões aderem as ruas insatisfeitos com os resultados do governo, mas os gênios pensadores do petismo conseguem comemorar apenas o fato de um governador de "oposição", Geraldo Alckimin, e o bundão do Aécio Neves serem vaiados pela multidão. Nem quando estão perdendo, conseguem tirar da lente os inimigos invisíveis.

Falam de golpe e ataque as instituições democráticas, quando na realidade foram eles que promoveram seu golpe contra toda uma nação. Imbecis! Quando eles promovem seus protestos durante a semana e que sempre prejudicam aos trabalhadores é manifestação democrática. Quando os trabalhadores se proclamam contrários a eles é golpe! Bolas, encheram as próprias burras e de seus milicianos e acreditaram que apenas com seu discurso seria suficiente para manter a adoração cega dos seus eleitores. Quatorze anos não foram suficientes para realizarem sua prometida grande revolução. Quatorze anos não serviram para aprenderem a governar com menos arrogância. Não reconhecem os próprios erros, preferem comparar com os erros dos outros. Não se atualizaram e continuam apostando no idealismo messiânico. Tiveram sua chance e seu tempo e poderiam realmente ter realizado inúmeras melhorias em nosso país, mas preferiram melhorar suas próprias vidas primeiro. O PT nos irrita ainda mais quando tenta desqualificar nossa vontade afirmando que foi a oposição que tentou juntar as pessoas nas ruas. Não! Alguns, que se dizem da oposição, tentaram se beneficiar dos protestos! Porém, são os mesmos nos nos deixaram marchar sozinhos até agora. Estes também nos irritaram.

É desnecessário repetir que não lotamos as ruas por que o bundão do Aécio foi derrotado! Não conquistamos as ruas por que uma liderança qualquer nos convocou para tanto. Foi a falta de liderança que nos conduziu a insatisfação que nos encontramos e quanto mais tentam nos desqualificar, mas motivados nos tornamos. Se os sábios defensores do petismo ainda não perceberam isso depois de quase dois anos... É claro que percebem menos ainda que seus dias de espólio do erário público também estão terminando. Continuo contra o impeachment, não por que defendo Dilma, mas por que não vejo como isso irá trazer melhoras para o país. Ainda haverá gente utilizando isso como patrimônio nas próximas eleições repetindo o mantra do "golpe". De tanto repetir... Vai que cola um dia! Continuo achando que o melhor é deixar Lula fora das grades até sua derrota humilhante nas urnas em 2018 (se ele tiver coragem). Com essa gente ocupando quase todos os espaços, não acho difícil acreditar que o transformarão em um mártir se for preso.

Aos petistas eu sugeriria uma autoanálise, uma reflexão profunda sobre o que realmente está acontecendo. Contra eles existe apenas eles próprios e suas atitudes. A sua arrogância apenas alarga o precipício que eles próprios andaram cavando. Vai ser difícil transpô-lo e fazer o caminho de volta depois de algum tempo. Parem de culpar a imprensa! Ela esteve na maior parte do tempo contra o povo e favorável a vocês. Além do mais, a culpa não é da imprensa se vocês são burros. O Juiz Sérgio Moro também deveria sair do foco de vocês. É para si mesmos que devem olhar e não para outro agente qualquer. Quanto mais criticam as ações de Moro, mais idolatrias surgem e isso não é bom para nenhum dos lados. Acusar a oposição quando todos nós sabemos que essa porra nem existe desde que vocês deixaram o posto há 14 anos é mais estúpido ainda! Acaba fortalecendo certos nomes que depois irão derrotá-los. Como sei que nenhuma dessas advertências será considerada por nenhum petista, pois são tolos demais para olharem para si mesmos e fazerem autocrítica... Para as trevas todos vocês! O tempo acabou! Vão disputar prefeiturinhas e cargos de vereador por que o seu messias não ressuscitará apenas por que vocês o comparam com o outro.

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.