Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Carro comum movido somente à água é possível?


Carro Movido a Àgua - Blog do Asno
Definitivamente, ainda não! Se você duvida não perca seu tempo lendo o restante. Vá desperdiçar sua vida, tempo e neurônios assistindo a vídeos estúpidos compartilhados na internet e lendo bobagens no Faciobuquio. Poderá ser possível um dia? Pode ter certeza de que muitos engenheiros, pesquisadores e cientistas (gente que estuda) estão muito engajados em produzir fontes alternativas para os combustíveis fósseis e, acreditem!, financiados pelas grandes montadoras que adorariam sair na frente com um troço desses no mercado. Conheci um maluco em Birigui que um dia me procurou para conseguir investidores para uma ideia que ele jurava ser revolucionária. A proposta era fornecer energia elétrica alternativa a partir da água (???). Examinei o sujeito, conferi que possuía muito pouco estudo e decidi não dar trela para ele. Minha família e amigos me esculacharam por que muitos gênios produziram grandes coisas sem nunca terem tido instrução acadêmica. O suposto gênio já havia sido abandonado por familiares e perdido quase tudo na vida por defender sua ideia e me convenci de que não faria mal ouvi-lo. Apesar de raro, concordei que aquele poderia se tratar de um caso de genialidade. Depois de um tempo tentando entender o que eu deveria oferecer a possíveis investidores ele me confidenciou que a mágica acontecia separando-se a molécula de hidrogênio da água. Pimba! Matei a charada: Eletrólise! E ele se afastou de mim com medo de que eu pudesse lhe roubar a ideia. Já ouviu falar de Leis da Física? Não se quebra estas leis apenas com a vontade. Tem gente que dedica um tempo imenso para multiplicar a estupidez quando podia estar estudando.

A internet à serviço do esgoto intelectual do nosso país trouxe de volta um mito que já descobri por experiência própria décadas atrás: o tal do carro movido à água. Sim! Eu também já perdi meu tempo realizando experiências com o Gerador HHO, ou gerador de hidrogênio. Uma tecnologia que nem patente possui por que já é de domínio público há mais de duzentos anos. Em tempos de construção de conhecimento expresso através da internet, populariza-se a estupidez e o pior é que quando alguém que estuda tenta demonstrar a realidade ainda é ofendido pelos boçais como se o burro fosse ele por não perceber uma tal conspiração que operaria contra o desenvolvimento tecnológico de fato. Justiça seja feita, no passado isso aconteceu mesmo. Não há dúvidas de que episódios controversos marcaram as vidas de inventores como Nikola Tesla, Paul Pantone, Rudolf Diesel, Eugene Malove e Stanley Meyer, porém esses tempos mudaram completamente por que hoje as grandes empresas buscam diferenciais que as coloquem a frente de seus concorrentes com inovação.

Mas, o caso não é este! Por que um carro movido somente à água ainda não é possível? Uma boa aula de Física ou Química bastaria e há excelentes esclarecimentos na internet, porém as pessoas só buscam por aquilo que confirme o que elas acreditam e a burrice só ganha mais força. Abaixo deixarei um vídeo que esclarece perfeitamente o funcionamento de um gerador de hidrogênio, mas posso resumir em muito as explicações técnicas que lá estão. Primeiro, se garimparem bem quanto as informações de sumiços misteriosos de supostos inventores vão descobrir que caíram numa cascata. Segundo, vão descobrir ainda, que muitos vídeos fazendo demonstrações de funcionamento da tal tecnologia também ludibriam quanto aos resultados e, por último, um pouco de informação mais avançada e irão descobrir que mesmo os geradores de hidrogênio com funcionamento híbrido com a gasolina não são uma boa opção. Põe fé, eu já tentei! Minha abordagem, no caso, era utilizar a energia térmica gerada pela queima do hidrogênio e convertê-la em energia elétrica, mas... Para um motor elétrico!

O troço não funciona ainda por que, na verdade, é necessário mais energia para quebrar as moléculas de água do que o hidrogênio resultante é capaz de produzir. O processo mais usado atualmente para produzir hidrogênio a partir da água é a eletrólise onde se emprega energia elétrica para quebrar as moléculas de água. Um trem descoberto pelo químico Willian Nicholson em 1800 e depois empregado por Faraday em 1820, ou seja, nenhuma novidade. É óbvio que essa energia precisa vir de alguma outra fonte. No caso em questão ela que produzirá a eletrólise, facilmente obtida utilizando-se Cloreto de Sódio (vulgo: Sal de Cozinha), Hidróxido de Sódio (vulgo: Soda Cáustica), ou qualquer outro Sal!! A única forma de realmente produzir energia a partir da água diretamente seria usando um processo de fusão nuclear a frio, muito conveniente para se aplicar em automóveis em vias públicas! Não é mentira que um carro possa realmente se movimentar usando água como combustível. Isso já acontece, hibridamente! Entretanto, há dois problemas básicos a serem superados ainda: dificuldades práticas inerentes ao projeto e a questão energética. Afinal, para se utilizar energia de um combustível, essa energia necessita ser armazenada e sua queima libera subprodutos que fornecem menos energia do que a que foi empregada inicialmente. Em outras palavras é inviável por que a energia gerada é menor do que a energia necessária para gerá-la. Somam-se a isso uma série de problemas técnicos envolvendo o funcionamento do motor que precisam ser superados. Não se esqueçam de que o funcionamento do motor requer exatamente que o gás se expanda e estamos falando de hidrogênio.

Pra encerrar o assunto, basta entender como funciona o alternador do seu carro porque é ele quem estará fornecendo energia para a bateria que, por sua vez, estará produzindo a eletrólise. Se você entende um pouco de mecânica, então ficou fácil, pois existem muitas perdas durante o processo. Ou seja, uma simples lei da Física que trata da conservação de energia. O motor tem cem anos e muitos gênios verdadeiros já tentaram todas as alternativas. Acreditar que picaretas de internet são melhores que os gênios e que é mais fácil empresas impedirem o progresso do que os cientistas romperem as barreiras é ingenuidade. Tem gente séria se debruçando sobre isso e precisamos ser menos fanáticos e mais dedicados aos estudos. O resto é gente querendo vender kits de hidrogênio e enganar otários.

Carros movidos a Célula de Hidrogênio já existem e estão cada vez mais disponíveis. São o sonho dos ecochatos, pois a combustão do seu motor elétrico não emite poluição e sim água. Acontece que não são acessíveis a maioria dos mortais e... Seus motores são elétricos! Chegará o dia em que criaremos motores mais eficientes e completamente alternativos, mas ainda não chegamos a este momento e no Brasil ele está cada vez mais distante já que os brasileiros preferem formar suas convicções a partir de compartilhamentos na rede social sem se aprofundarem no assunto através de estudo sério. 


Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.