Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Parabéns ao primeiro brasileiro a receber a Medalha Fields

Artur Avila - Medalha Fields - Um Asno

É com muito orgulho que compartilho a notícia que li na coluna do Reinaldo Azevedo! Finalmente uma luz verdadeira entre tantos pirilampos que existem em nosso macunaímico universo acadêmico brasileiro. O carioca Artur Avila, pesquisador do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), do Rio de Janeiro, vai receber a Medalha Fields, considerada o “Nobel de Matemática”. O anúncio foi feito na abertura do 27º Congresso Internacional de Matemáticos, em Seul, na tarde desta terça-feira. O prêmio é concedido a cada quatro anos pela União Internacional de Matemática a estudiosos com menos de 40 anos de idade que tenham alcançado resultados inéditos e revolucionários na área. É a primeira vez que um matemático latino-americano recebe a honraria.
(...)
"Avila, de 35 anos, é considerado um prodígio desde a adolescência. Antes mesmo de se formar na faculdade de matemática, em 2001, foi convidado a atuar como pesquisador do Impa, instituto supervisionado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, onde hoje ocupa a Cátedra Armínio Fraga. Dois anos depois, Avila recebeu convite para dirigir o Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS), em Paris — ele se naturalizou francês e realiza parte das pesquisas na França. Nos últimos dez anos, o prestígio de Avila no meio acadêmico vem crescendo apoiado em estudos que buscam entender os sistemas dinâmicos, cujo estado evolui com o passar do tempo por influência de diversos fatores. A teoria desse ramo da matemática é utilizada para construir previsões em áreas tão distintas como física, biologia e economia".
(...)
Avila também ficou conhecido entre os estudiosos por conseguir provar, em 2005, a “Conjectura dos dez martínis”, problema proposto em 1980 pelo americano Barry Simon — que prometeu pagar dez copos da bebida a quem explicasse sua teoria sobre o comportamento dos “operadores de Schrödinger”, ferramentas matemáticas ligadas à física quântica. Junto com a pesquisadora Svetlana Jitomirskaya, Avila solucionou o problema e, de fato, foi premiado com algumas rodadas de martíni. Desde 2010, há uma expectativa de que o brasileiro seja premiado com a Medalha Fields. Naquele ano, ele se apresentou na 27ª edição do Congresso Internacional de Matemáticos, realizado na Índia — uma honraria destinada a poucos. Desde a primeira edição do congresso, apenas nove brasileiros haviam sido convidados para palestrar no evento. Na edição deste ano, além de Avila, mais quatro brasileiros participam do congresso, entre eles o matemático Fernando Codá, que também era cotado para receber a medalha".

Encerro...
Já havia sentido o mesmo orgulho quando pesquisadoras brasileiras superaram outros cientistas no campo da genética. Muitas vezes isso ocorre, mas sem o devido destaque como se no Brasil significante mesmo fossem apenas os resultados de nossos jogadores exportados para o exterior. Me angustia saber que nossas maiores estrelas no campo das ciências e da matemática só consigam realizar seus prodígios em países da Europa ou América do Norte. É triste que estes exemplos não sejam explorados à exaustão em salas de aula. Minhas mais sinceras e orgulhosas congratulações ao nosso carioca Artur Avila e meu mais profundo agradecimento por sua conquista elevar um pouco o valor de conhecimento de nossa nação.

2 comentários:

  1. Bom pra ele. Tudo continua ruim nas escolas, onde mais de 90% dos alunos não entende, e por consequência, não gosta de matemática. Mesmo porque a maioria dos professores dessa ciência não dedica o tempo que deveria pra ensinar, não tem dom, nem interesse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou jegue, nem asno.16 agosto, 2014 10:00

      Traduzindo, a culpa é sempre do professor. Eis um jumento comentando no blog do jegue

      Excluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.