Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Suposto Atentado contra Dafé não é Crime Político

Atentado contra o vereador Dafé - Blog do Asno
O suposto atentado contra o vereador Benedito Dafé e o ex-prefeito Paulo Batista ocorrido na madrugada de ontem é lamentável e indesculpável. Só não é mais lamentável do que a irresponsabilidade em se insistir na tese de crime político. Redes sociais já são um circo de anarquia onde imbecis posam de pensadores (nisso eu me incluo apesar de detestar o Faciobuquio). Recriar o clima político da época de Renato Cordeiro onde disputas políticas eram equilibradas na bala é fantasia. Não há esse clima em Birigui desde que os capangas perderam sua utilidade frente a manobras muito mais eficazes no Sistema Eleitoral. Só pelo fato de Paulo Batista ter sofrido o mesmo ataque já descaracterizaria a motivação política.

O vereador Dafé é o principal responsável por esparramar a tese de atentado político ao afirmar isso aos repórteres de um jornal regional. Segundo ele, seria devido a sua oposição ao projeto que autoriza a venda de imóveis no município, um pedido de sindicância protocolado na Câmara, que não irá levar a absolutamente nada por ser inócuo, e uma suposta possível cassação do prefeito Cristiano Salmeirão, caso a sindicância levasse para esse rumo. Espia! É um direito constitucional assegurado ao vereador tal prerrogativa, porém, seria mais fácil cassar Dafé por quebra de decoro ao chamar seus companheiros e o prefeito de trambiqueiros e rasgar um documento na tribuna do que o prefeito ser cassado em virtude do projeto.

A resposta está no próprio projeto que será suficiente para afastar o Tribunal de Contas da causa. Se há interesses obscuros que alimentam a política biriguiense (e disso não tenho a menor dúvida!), não será nesse projeto que irão desvendar os arcanos que guardam tais ações. Rede social é uma bosta! Qualquer coisa que aconteça irá levantar um monte de besteirol conspiratório. Uma dosagem de bom senso seria exigir demais da população tão apaixonada por compartilhar asneira. Vou contribuir com a lambança! A polícia terá de trabalhar com inúmeras hipóteses e vou enumerar algumas bem plausíveis só para que se tenha uma noção do que as pessoas especulam mais com criatividade do que com razão.

A primeira hipótese poderia ser um questionamento. Espia só... Os tiros não parecem ser aleatórios demais? A mira poderia estar direcionada para causar algum susto? Ou evitar maiores danos? A bala que atravessa a janela do quarto de Dafé ricocheteou para o alto ou entrou exatamente como que disparada de baixo para cima? Atirar contra um carro sem passageiros causa mais prejuízo na lataria ou no vidro traseiro? Já numa segunda hipótese, fica mais interessante. Com uma oposição inepta e frágil como seria mais eficiente macular a honra de um suposto agressor? Apelando para o inconsciente coletivo de que seu padrinho político já teria utilizado favores de pistoleiros anteriormente? Não é raro encontrar alguém que relate sobre um suposto caso ou outro nesse sentido. Quem nunca leu ou ouviu algum irresponsável empregar o adjetivo "coronel" em conversas transversais de boteco? Por que parar por aqui? Poderíamos até especular algum suposto caso passional que levou algum marido confuso a enganar-se quanto a residência daquele que tem reinado sobre sua cama durante sua ausência!

Chega! Já causei muito aborrecimento só escrevendo essas bobagens (ou não!). Que se apure se o caso não passou de delinquência ou desaforo de alguém que se supõe prejudicado pelas duas vítimas e suas famílias. Não é crime político que temos aqui e sim crimes contra a política. E afirmo isso sem o menor medo de estar errado. Quanto mais vejo ou escuto sobre nossos representantes, mais me convenço de que caminhamos acelerados na direção do abismo que nos separa da civilização. Basta de tanta irresponsabilidade. Acusar ou levantar contra o adversário a suspeita de tamanha covardia é subestima-lo.

Não tenho razão alguma para defender esse ou aquele político (nada ganho com isso). Mas, sei quando alguma coisa excede os limites do exagero. Não há motivação política para um atentado por que não há oposição suficiente na cidade. Reconheço que acometido pela adrenalina o vereador, justificadamente, poderia até falar alguma asneira que um jornal qualquer viesse a publicar. Porém, ele ainda parece estar convencido disso, pois, repetiu durante a sessão da Câmara de hoje. Ainda pode ser efeito da adrenalina... Ou não!

Pensem bem... Não se cala um opositor impondo-lhe terror e os adversários (políticos) de Dafé são um pouco mais inteligentes do que ele supõe. Cristiano Salmeirão tem mais a perder com o não esclarecimento desse caso do que qualquer um. E... Cá entre nós... Seu padrinho político é muito mais esperto do que julgam seus adversários. Não seria desse modo que ele retalharia uma oposição tão sem efeito contra seu apadrinhado.

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.