Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Escrevo mais um texto para apanhar dos militantes!

Nilson Alves de Souza - Um Asno
Sei que são tempos difíceis e com militância feroz e algumas vezes cega. Vejo alguns de meus leitores se atacando e se punindo para defender esse ou aquele candidato. No final, neste sentido, todos perdemos... O caminho para uma evolução política em nossa cidade passa por vários obstáculos, mas nunca se desvia do bom debate e da civilidade. Sei que algumas pessoas (poucas) defendem suas bandeiras porque realmente acreditam que poderão se beneficiar durante a administração de um ou de outro. Infelizmente, às vezes, se torna verdade. Acompanhei a última eleição de perto e vi que algumas pessoas militantes se tornaram cargos de confiança mais tarde. Nem todas tinham competência para ocupar mais do que um cargo de baixa complexidade.

Sei também que muitos se candidatam ao cargo de vereador mais para mostrar sua dinâmica e fidelidade para, mais tarde, não sendo eleito, preencher uma vaga na administração de seu candidato. Hoje, farei diferente. Escreverei como acho que seria ter uma prefeitura conduzida por cada um dos candidatos. Aos vereadores reservarei mais tempo adiante. Passemos a considerar os governos de cada um. E esse é um exercício complicado.

Se Fernando Escodeiro fosse eleito
Levaria um tempo para ele se encontrar e identificar que, diferente do que imaginava, as prioridades do município são outras. Sofreria constrangimentos em várias situações em virtude de seus aliados e indicados para compor suas secretarias. Sua própria carta de intenções demonstra que, não possuindo um plano definido de governo e convidando a população para elaborá-lo, (como se a isso pudéssemos denominar administração participativa), teria problemas nos primeiros anos para iniciar realmente seu trabalho. Analisando sua atitude durante o mandato em que foi vice demonstra sua imaturidade política. Vejamos, o vice é solidário ao cargo efetivo nos acertos e nos erros. Não se faz beicinho e rompe porque discorda, a responsabilidade total pelos erros e acertos ainda é do efetivo e a cobrança por eles também. O primeiro erro, o rompimento com a administração atual demonstra, no mínimo, similar arrogância com a identificada no líder efetivo. O segundo erro, talvez por uma questão de ego, decidir compor uma eleição própria arriscando ficar fora do poder por quatro anos. Desta maneira ficaria mais difícil chegar ao executivo sem ter como mostrar suas competências. Terceiro erro, não compor uma secretaria e mostrar seu trabalho ficando apenas com o título de Vice. Hierarquia e disciplina ainda são elementos fundamentais para quem um dia deseja liderar. Administração participativa não elimina a responsabilidade do líder com as diretrizes. Cabe a ele identificá-las e conduzir o trabalho de forma que os participantes consigam contribuir para seu sucesso. A maioria das pessoas não saberia nem por onde começar, daí a necessidade da condução. Fernando é um bom rapaz, com princípios e ideologia, mas a prefeitura não é um laboratório para se fazer experiências. Ainda pode amadurecer, e muito, nos próximos anos de política nessa cidade e surpreender-nos em um próprio mandato um dia.

Se Pedro Bernabé fosse eleito
Por sua honradez e honestidade, tentaria fazer um governo, pelo menos à altura, do que está terminando. Daria continuidade aos pontos que ficaram fragilizados durante a última gestão, porém, teria uma rejeição escandalosa na Casa Legislativa. Não preciso citar nomes, mas eleitos, pelo menos cinco dos atuais vereadores fariam forte oposição ao seu mandato priorizando formas de desonrá-lo e impedir a boa condução de seus serviços. Algumas dessas estratégias puderam ser vistas durante os últimos anos. Não impedem os trabalhos, mas atrapalham muito e aborrecem exageradamente. Como sua característica no diálogo é mais diplomática do que o atual prefeito, conseguiria, depois de muito custo e tempo, se aproximar mais da categoria dos servidores públicos. O problema com os servidores com a atual gestão foi, em sua maioria, mais pela truculência e desprezo ao atender representantes do que atendimento as questões em si. Pedro teria mais chances de um bom governo se já estivesse inserido em nossa realidade política há mais tempo. A rejeição de parte do eleitorado somada a oposição de governo lhe traria mais dissabores do que satisfação. Contudo, ainda seria capaz de promover um bom governo se sua entrada não estiver amparada pelo único objetivo de abafar possíveis falhas na atual gestão, ou de manter supostos benefícios a alguma fatia social privilegiada.

Se Maçaru Umeta fosse eleito
Maçaru é uma dúvida para muitos porque sua imagem, até então, só estava associada ao Nipo e a ações em entidades de nossa cidade. De seu currículo político só se sabe que foi candidato a prefeito e a vice e que coordenou mais de dez campanhas eleitorais em nossa cidade. Não tem inimigos na câmara ainda e conta com apoio forte do governo estadual. Seu enriquecimento se deu como resultado de seu trabalho na lavoura e na competência da gestão desta e sua visão de mundo está mais para a realização de uma obra de vida do que para o jogo de poder que é uma administração pública. Contudo, não deixará de ter resistência também na Casa Legislativa por conta do fisiologismo partidário e sofrerá com o choque inicial de encontrar na gestão pública uma diferença absurda em relação a gestão privada. O mesmo aconteceu com o atual prefeito nos primeiros anos. Entretanto, foi o que melhor visão demonstrou sobre a responsabilidade social que é estar a frente do executivo considerando também as pessoas, não só a entidade que é o município. Isso poderia ser visto melhor se sua entrevista no "Bate Papo na Praça" com Leonardo Sabioni não tivesse sido removida da rede.

Se Roque Barbiere fosse eleito
Aqui vai uma pausa... Pronto voltei! Consultando minha bola de cristal resgatada do armário da velhacaria, vejo Birigui transformada num canteiro de obras com mais creches, mais escolas, mais quadras, mais etc... Mas não vejo evolução no quadro social, não vejo melhora de renda, não vejo a educação saltando para índices de primeiro mundo, ou seja, mais do mesmo. Roque tem traquejo, experiência de uma raposa amadurecida nos corredores parlamentares, conhece os macetes como ninguém e conseguiria apresentar números favoráveis em todos os aspectos. E de quebra teria seus vassalos na Câmara Municipal redigindo moções de congratulações a cada arroto que soltasse no executivo. Puxa Nilson, então este seria o melhor cenário para nossa cidade! Depende... Em três ocasiões ao menos considero que o deputado não foi totalmente honesto com seus eleitores e não me refiro as desculpas à francesa com relação a todos os constrangimentos que teve durante todos os mandatos. Caso 1: Sua afirmação de não ter enriquecido através da política. Quem o conhece um pouco e sabe de suas reais posses (não as listadas pelo TSE), sabe que não as teria sendo açougueiro ou corretor de imóveis. Caso 2: Só um nome, Amplie Construções e Serviços Ltda. Sua afirmação de que desconhecia a empresa e não sabia que se tratava de sua irmã e cunhado no caso de Valparaíso, não só não corresponde a verdade, a empresa consta, inclusive na lista de doadores de campanha do deputado, como também a mesma já foi favorecida em outros casos e quase sempre por emendas. Caso 3: Não fica claro se o deputado brigava com os prefeitos de Birigui por conta da negação por parte deles a sua ajuda, ou se isso poderia prejudicar algum esquema de emendas, afinal, o deputado denunciou (sem querer), um escândalo de comércio de emendas na Assembléia Legislativa, onde deputados emitiriam emendas fora de seus "recintos" eleitorais em troca de favores de outros deputados, mas aparece como um dos deputados que só elaborou emendas para outros colégios eleitorais distantes de Birigui.

Já me tornei uma das figuras mais odiadas na rede por escrever o que penso. Acho normal, já esperava por isso. Aqueles que me apoiam acabam sendo também atacados. Isso é ruim, porque debate mesmo se constrói ao partir de dados e fatos, jamais por fanatismo político. Ainda há aqueles que acreditam que sou favorecido de alguma forma! Pensem... Escolho um candidato que, segundo consta na rede e nos diálogos dos militantes, é improvável. Questiono e contesto todo o restante que, segundo os mesmos militantes, são os realmente prováveis. Que horizonte existe para este escriba em 2013??? Trocar de CEP?? Com esse currículo não serei benvindo em muitos lugares, não acham? Porque escrevo afinal? Porque gosto, porque acredito e porque acho justo que seja feito. Aliás, acho, inclusive, que mais pessoas teriam muito mais o que dizer do que eu, mas se comprometem demais e acabam sendo omissos. Vai, podem xingar agora...

40 comentários:

  1. Às vezes me pergunto se tudo isso é coragem ou estupidez. Ainda não está claro para mim se este jornalista é um profissional com pena justa ou se é um dos fugitivos do Felício Luchini!

    ResponderExcluir
  2. Amigo, sabe que eu também me pergunto isso. Digo que me pergunto porque meus botões nunca respondem!

    ResponderExcluir
  3. Tô maluco!!! Começaram a responder...

    ResponderExcluir
  4. Sendo louco ou não ele fala a verdade e corre em busca dela deixando escrito em bem claro para os leigos e para os "puxa sacos de plantão"...

    ResponderExcluir
  5. Janaina Garcia04 agosto, 2012 17:46

    Asno, você é o cara! To contigo, voto no improvável. Nas próximas eleições, voto no Asno.

    ResponderExcluir
  6. Tambem estou contigo meu amigo!
    Nao entendo muito de politica, mas adora a maneira que vc escreve sobre o tema. Continue, mas nao me convide para seu velorio-rs.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Caro Sr. Asno, tenho acompanhado este blog e gostaria de fazer alguns comentários. Por que quando enviamos um comentário aqui, ele não é publicado automaticamente e aparece ........"Seu comentário estará visível depois de ser aprovado.".....Existe uma censura prévia????? O Sr. Asno é sensor?????Só é publicado o que o Sr. Asno acha prório e autoriza??????
    Quanto a seu comentário sobre o ROQUE, em 03 ocasiões que o Sr. Asno acha que ele não foi HONESTO, vamos lá:
    1-Causa-lhe surpresa o que está declarado lá no TSE sobre os bens do ROQUE, e posso garantir-lhe que é isso mesmo.Sei da sua surpresa de todo o povo brasileiro quando vê que um deputado por seis mandatos consecutivos, não tem umas rádios, não tem um canal de TV, não tem uma empresa que contrata com o Estado para fornecer serviços.tem deputado sim pobre, em relação ao que poderia ter pelo que passa pela sua esfera.Agora se o senhor joga no ar e afirma que o ROQUE pode ter bens em nome de terceiros, diga o nome dos terceiros, não seja maldoso e inapto a provar.E quanto a ele ter um sítio(herdado do pai, a parte que lhe cabia)e algum gado, pode ser conseguido sim por um corretor de imóveis, por um açougueiro, por um advogado ou por um professor de educação física. O senhor tem indícios(provas é muito difícil, já sei que vai dizer isso).?????
    2-Qual é o problema do cunhado e sua esposa irmã do deputado terem uma pequena construtora e participarem do processo licitatório para construção de um a obra em uma cidade da nossa região. O processo licitatório foi fraudulento?? O senhor tem pelo menos indícios(provas é muito difícil para o SR, já sei).
    3-Sobre se o ROQUE brigava com os prefeitos ou não, isso é balela, ROQUE sempre ajudou a região e Birigui, se não ajudou mais foi porque alguém que torcia contra ele não deixava e tem isso sim na política, outra coisa, um deputado diferentemente do que o sr. imagina não fica na Assembléia só fazendo projetos de leis e indicando emendas( o total teoricamente são 2 milhões de reais por deputado, por ano), quer dizer que os pedidos, as indicações, as diligências, intercessões junto ao Governador, junto as secretarias e junto as autarquias não vale nada?????Outra coisa, falam muito que o ROQUE ajuda individualmente pessoas que o procuram por problemas de saúde, que ele é deputado de faz favor, com dinheiro nosso, quer dizer que pode fechar os olhos e que essa pessoa pode morrer, negando encaminhamento??????
    Sr. Asno não lhe quero mal, mas o Sr. tem rever seus comentários infundados ou apresentar indícios do que o senhor fala, pois provas será muito difícil de fatos que não aconteceram.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Zé, obrigado por sua participação. Desculpe pela demora na resposta, pois, como você já sabe, o blog não é meu ofício. Primeira questão: os comentários são moderados, não censurados. Isso se faz necessário porque nem todos se prestam ao debate e, principalmente, para preservar os leitores e a mim mesmo, descarto as ofensas e grosserias que em nada ajudam na discussão. Dando sequencia, não tenho a menor surpresa com a declaração do TSE que demonstra o capital do deputado igual ao do candidato Fernando Escudeiro, me surpreende a sua convicção de que a relação seja aquela mesmo. Existem mais do que indícios, mas não é para este blog que deve dirigir sua solicitação. Pode começar pela declaração de Imposto de Renda. Não existe fraude, ao menos, comprovada em nenhuma das licitações que a empresa participou, favorecida, ou não, por trocas ou não, de emendas parlamentares. A isto denominaríamos "atos de ofício", que convenhamos, ninguém na esfera política tem o costume de deixar. Não vou me estender nas outras questões, mas exigir que eu apresente provas, sabendo o que isso significa para minha existência saudável é muito mais fácil para alguém que usa um pseudônimo para dizer e atacar quem quer que seja, segundo sua ótica pessoal. Se está tão plenamente convicto de seu ponto de vista, não apenas conteste, apresente a contra argumentação adequada e receberá tanto respeito quanto o que dedica aos que dirige seus comentários. Mais uma vez, obrigado por participar, sempre que o faz, estimula a discussão a todos. Apenas desejo que se empreguem menos militância e mais respeito a opiniões divergentes. Além do mais, o senhor também apresenta uma visão sobre outros candidatos que nem sempre está baseada fora da paixão militante.

    ResponderExcluir
  9. Só o apartamento do deputado em São Paulo vale quase 2 milhões...

    ResponderExcluir
  10. e a penssão da ex mulher...também é maior que o pagamento de deputado dele.

    ResponderExcluir
  11. João Engenheiro06 agosto, 2012 16:44

    Eu entendi claramente que o Asno se referia ao fato de o deputado afirmar total desconhecimento sobre a empresa e não ter relações há anos, sendo que a mesma está listada entre as doadoras de sua campanha. Além do mais, a respeito dos pedidos de verba ao governador, isso não é o tipo de coisa que se pede durante um cafezinho. O deputado teria como mostrar os documentos deferidos de seus pedidos ao governo do estado.

    ResponderExcluir
  12. João Engenheiro06 agosto, 2012 17:16

    O compromisso de um deputado é, antes de tudo, com os eleitores que o elegeram, não com prefeitos ou partidos. Sua obrigação era atender Birigui por causa dos seus mais de 28 mil votos na cidade!

    ResponderExcluir
  13. Porque vc não criticou a "asnalise" do Asno quanto aos outros candidatos tb, heim Zé???

    ResponderExcluir
  14. Em 2007, precisei ir para Ribeirão Preto por causa de um problema de saúde, cansei de ir atrás dos postinhos e não consegui nada. Quero aqui agradecer ao ser Roque Barbieri que tomou as devidas providências para que eu pudesse ir. Agora estou esperando a quase dois anos para fazer um ultrason, até hoje não marcaram. Lembrando que em 2004, votei no Borini esperando que houvesse uma maior preocupação com os menos favorecidos. Roque, pode contar com o meu voto. Não importam os comentários a seu respeito. Escreveram que você paga pensão, e daí. Quantos por aí que querem dar um de santinho e aprontam escondido, as esposas só ficam sabendo depois que o individuo morre, a outra aparece com os outros filhos .

    ResponderExcluir
  15. Roque, meu voto é seu. Você é uma pessoa que sempre comprimentou os funcionários, Borini só comprimenta em época de eleição. Quando você foi vice do Pedrão sempre nos tratou muito bem. Em 2004, fomos tolos o bastante para votar nele.

    ResponderExcluir
  16. Se o ROQUE não fez nada para Birigui, o que o Pedro fez????????
    O que o Escodeiro fez????? O que o Maçaru fez?????
    Ei caiam na real, vai!!!!

    ResponderExcluir
  17. Caro João Engenheiro, se o ROQUE não fosse bom para os eleitores dele, você acha que seria eleito 06(SEIS) vezes consecutivamente, deputado estadual????? Ele sempre honrou os votos que teve.Se não fosse bom, não passava do segundo mandato.Contra fatos não há argumentos.

    ResponderExcluir
  18. João Engenheiro07 agosto, 2012 06:47

    Pela sua lógica, Maluf, foi melhor do que Roque, Jader Babalho, um herói do povo, Antônio Carlos Magalhães, um cavalheiro exemplar, Hildebrando Pascoal, um humanista!

    ResponderExcluir
  19. Ô Jão Engenheiro, quem vê pensa que vocês são um exemplo de eficiência, nesta prefeitura né???? Como você explica essa administração responder a vários processos uns R$ 12 Milhões, por mal uso do dinheiro público(ASFALTO PODRE)??? E jaja vem o da Confiance Saúde, mais R$ 18 milhões!!!!!Vocês se acham!!!! Pensam que todo mundo vai acreditar nesse mar de honestidade e eficiência!!!!!!
    Não venha com blá, blá, blá, mimimi e chororô.Eu mostro os números dos processos, como já postei aqui.

    ResponderExcluir
  20. então mostra o numero e os andamento se vc é tão entendido assim...primo kudido

    ResponderExcluir
  21. Na sua cidade tem alguém que se vendeu ou alguém que comprou? Analise pense e não vote, se existir alguém que traiu os amigos, essa pessoa é de confinça?

    ResponderExcluir
  22. kkkkkkkkkkkkkkk esse ze pedreiro so toma coice kkkkk , roque mata as pessoas de fome pra depois dar uma cesta basica ze, no minimo fez um exame de prostata em vc e agora vc num ve a hora do retorno, vai contar outra rapaz, vc deveria ter o seu codinome aqui de MANÉ naum de zé, roquinho e isso mesmo, ajuda meia duzia , e naum uma cidade de 115 mil habitantes, quem garante a eleição dele e as cidades de fora, pois a primeira vez que foi eleito, simplesmente foi puxado, pois se depender de 25 mil voto de birigui hoje vai se lascar, como vai acontecer em 2014, esperem e verão roque candidato a vereador em birigui, escreve oque to dizendo,

    ResponderExcluir
  23. Pois é meu caro, são com esses 25.000 votos e mais um pouco que ele vai ganhar as eleições, aguarde e verá!!!!!!!

    ResponderExcluir
  24. Uns votos a mais meu e de minha familia e de mais alguns funcionários da prefeitura que hoje votam no Roque.

    ResponderExcluir
  25. Analisar quando for votar. Não votar em canditados que se vende e nem em quem compra.Canditados que traem os amigos irá fazer o mesmo com você.

    ResponderExcluir
  26. Não podemos esquecer que o Cervelati sempre pagou os salários em dia, todo o final de ano churrasco para os funcionários. Quando o Pedrão foi prefeito e o Roque vice o salário equivalente a mais ou menos dois salários mínimos e meio. Minha tia trabalha na prefeitura há vinte e três anos, no final do ano o Pedrão e Roque chamaram os funcionários na prefeitura e deram um cheque se fosse hoje no valor de trezentos reais. O Borini gostam tantos dos funcionários(pobres), que até com o churrasco ele acabou.

    ResponderExcluir
  27. e isso mesmo, funcionarios da prefeitura tem que votar no roque, inclusive as babas, pois ja esta no plano de governo dele registrado no TSE que creche , nao vai fechar mais, se tiver facultativo ou feriado vai trabalhar normal,kkkk e vc acha que baba vai votar nele?povo faz filho e quer que o poder publico toma conta, e pra acabar, olhaem la viu BABAS, vcs vao trabalhar e muiiiiiitoooo, bom pra quem vai reformar estadio particular , vcs querem oque? e o fim dizer que vai fazer reforma de um estadio roberto clark se o mesmo e de propriedade particular,,, olha a intençao desse homem, vai criar a liga biriguense de truco e bilhar, num seria melhor dize " VOU CRIAR UM CARGO PRO TAL DE MARIVALDO PACHE "?, que importancia tem truco e bilhar ? isso vc faz com os amigos, na sua casa, bom esse tal roque e piada

    ResponderExcluir
  28. Você que escreveu sobre as babas por acaso está achando que elas são burras e ignorantes, está muito enganado. Elas sabem muito bem que direito adquirido ninguém mexe. Uma informação creche não exite mais, agora é EDUCAÇÃO. Hoje elas pesquisam e sabem que em outras cidades são consideradas doscentes. Estão cientes também que o piso que foi aprovado é de 1.900,00. Não adianta ficar mentindo. Lembra quando o prefeito Borini queria acabar com as abonadas é não conseguiu, sabe porquê? É um direito adquirido. Estuda menino, estuda menino.

    ResponderExcluir
  29. Graças ao prefeito Borini que hoje tenho meu salario aumentado, era simplesmente baba, hoje sou Pedagoga e consigo ter dois turnos de trabalho, Graças a ele ...estou muito feliz...e vou votar no Candidato dele, no Senhor Pedro Bernabé.

    ResponderExcluir
  30. oras esta no plano de governo dele, sei que e direito adquirido e que tem que trabalhar 6 horas por dias, masssss...... e como a administração quiser, pode entrat por exemplo as 2 da tarde e parar as 8 , sao seis horas, pois no edital nao fala horarios e sim horas, estuduuuuuuuuaaa helião, ahhhhh , manda tambem tirar o nome la ta de creche,

    ResponderExcluir
  31. O prefeito foi obrigado da dar o estudo, porque já estava previsto que até 2010 as babás teriam que ter Pedagogia, não porque elê é boazinho. O estudo foi plano do governo federal, não pensa você que se não houve uma obrigação você seria Pedagoga. Também estudei, e temos muitas documentações provando que em outras cidades as babás são consideradas doscentes. Pesquisa no MEC, e em outras cidades que você vai encontrar. Desde a época. do outro prefeito nós sabiamos que até 2010 seria obrigado o estudo da pedagogia, sempre comentamos que isso iria acontecer.

    ResponderExcluir
  32. Você deve ter dois turnos porque prestou concurso de professora ou de educadora. Jamais babá de Nivel 11, pode ter dois turnos.

    ResponderExcluir
  33. La ta de creche? Muito importante.

    ResponderExcluir
  34. Você que escreveu que seria obrigado o curso de Pedagogia está coberta de razão. Eu paguei a pedagogia, não esperei, porquê na época não acreditei. Em 2004, nós tinhamos uma Coordenadora que falou para esperar que o prefeito seria obrigado a fornecer gratuitamente o curso de pedagogia, para as babás que resolvessem estudar,áté 2010. Quando as babás começaram a estudar gratuitamente nós comemtamos que a Coordenadora estava correta. A lei federal já exitia não importando qual o prefeito fosse eleito.

    ResponderExcluir
  35. oque importa e o seguinte, vai trabalhar, sem ponto facultativo e sem feriado, pode ser baba, aia , pedagoga, cordenadora, faxineira, não importa , roque disse , CRECHE , ou escola como queiram VAI TRABALHAR E PRONTO

    ResponderExcluir
  36. O Borini fez o mesmo com o pessoal da faxina, da saúde. Trabalhavam seis horas, todos passaram a trabalhar oito horas. Lembro que elê resolveu abrir os Centro de Educação Infantil no Carnaval, teve que pagar hora extra para as babás e demais funcionários. Conclusão não compensou.

    ResponderExcluir
  37. imfelizmente outra lavada

    ResponderExcluir
  38. Porque lavada? Não vai mais faltar água nos bairros?

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.