Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Diário de um Grunhento: Consegui Lula! Agora faço parte da Classe Média também!

Jardim Sueli em Guarulhos - Um Asno
Nunca sofri discriminação sexual, por isso não possuo a menor bagagem para falar em nome dos que já sofreram. Não sou negro, mas já tive de ouvir que "pardo não presta para nada, só atrapalha por que é resultado de uma mistura ruim". Entretanto, já senti por mais de uma vez na alma a discriminação por ser pobre. O tipo de discriminação que tem sido argumento para a guerra de ódio que vem sendo declarada todos os dias nas redes sociais. Entendo por que o discurso maniqueísta defendido por meus amigos do Partido dos Trabalhadores encontra tanto eco em diversas camadas, inclusive na alta classe média que se identifica e revolta-se contra si mesma. É um caso de autofagia! Acontece que "toda unanimidade é burra"! Finalmente tenho o conhecimento empírico do que é fazer parte da classe média a qual se referia Lula. Hoje faço parte, não da "elite branca", mas da elite parda de São Paulo. E minha bronca contra o discurso irresponsável de quem está distante de tudo isso só aumentou!

Por causa da Copa (e da ganância do mercado imobiliário), vim parar em uma comunidade na cidade de Guarulhos até que outra opção residencial melhor surgisse. Acontece que em apenas um mês na comunidade, aprendi muito mais do que meus amigos petistas aprenderão em uma vida inteira de militância em favor daqueles que desconhecem completamente. Aprendi a gostar muito de estar com essas pessoas e suas singularidades, embora sejam todos tratados como uma massa só. É ótimo estar aqui e não iria querer estar em outro lugar neste momento! Espia só! Há um chileno que mora de frente ao meu portão com quem nunca consigo trocar uma única palavra por que quase nunca o encontro completamente sóbrio. Tentei muito conversar com um costa-martinense que mora na rua paralela, mas francês não é muito minha praia. Há também uruguaios em minha rua, mas o que predomina mesmo são os nordestinos e ainda há os bolivianos que moram na rua de baixo e sempre me pedem informações sobre onde fica algum lugar (Que grande ousadia! Perguntar a um cego como são as cores do Arco-íris!), mas o dialeto que misturam ao português e espanhol sempre nos conduz a um diálogo mímico.

É fantástica demais essa gente que me ganhou muito rapidamente! Já dispensei a oferta de ir para outro lugar mais confortável. Conforto não é o que me falta, mas o formato amistoso de rostos que sorriem quando você lhes dirige um cumprimento. Aliás, essa conversa fiada de que dirigindo um sorriso para uma pessoa ela lhe devolve e seu dia se torna melhor não passa de papo furado de escritor fajuto de autoajuda! Há horário aqui para cumprimentar e sorrir para as pessoas... Se errar na hora e dizer bom dia e sorrir para uma mulher ela logo pensa que você quer "pegar" ela e você tá ferrado... Se o mesmo acontecer com um homem, ele quer "pegar" você e do mesmo modo você tá ferrado! 

Só existem algumas pequenas diferenças que fazem deste irritante blogueiro um "alemão" perto da maioria das pessoas que vivem aqui na comunidade. Primeiro, ninguém aqui gosta de ler absolutamente nada e muitos odeiam quem não atropela a concordância verbal. Segundo, estou aqui por opção e a maioria deles não... Foi o melhor que conseguiram e já não importa mais se o cheiro do esgoto incomoda, se as calçadas são armadilhas e se o estado não se faz presente naquilo que lhe é obrigação... Afinal... temos outros assistencialismos que tornam esse governo singular entre os anteriores! Mas, o que realmente me coloca em risco é o fato de que todo mundo aqui é lulista roxo e posso mesmo acordar com a boca cheia de formiga apenas por dizer: "não concordo"! Há outras ameaças ainda! Me sinto muito mais seguro bebendo em um boteco com os Parça da Comunidade Carente do que entre os "noias"! Estes, sim, não respeitam regra alguma e o Código de Ética local não tem o menor significado para eles. Já tive meus encontros nada amigáveis com eles. Por enquanto, o placar soma 4X0 em favor do tiozinho, mas... Estou como Augusto Matraga, apenas aguardando minha hora e minha vez!

Acho mesmo que Rui Falcão, Zé Dirceu, Marilena Chaui e Rui Costa estão mesmo certos. Eles sabem o que fazem! Plantam a sementinha do mal e deixam para os idiotas úteis o resto do trabalho sujo. Só alguém com a mente leviana e irresponsável pode afirmar que o "sentimento contrário" ao Partido dos Trabalhadores seja exclusividade apenas da população de classe média. Costa afirmou essa insanidade que meus amigos insistem em reproduzir nas redes sociais: "Essas pessoas veem como um absurdo o porteiro chegar de carro ao trabalho e se incomodam ao ficar atrás de um agricultor ou uma empregada doméstica em uma fila de aeroporto. Acham que pobre não pode ter carro, não pode andar de avião, não pode entrar em uma universidade". Animal! Existe mesmo esse tipo de pessoa em todos os lugares do mundo, mas não lotam uma Kombi quando são exigidos a se manifestarem. Generalizar essa estupidez é o mesmo que afirmar que todo petista é safado, corrupto e etc.! Eu ainda sou daqueles que não acredita nisso!

Estão repetindo os mesmos erros que tantas vezes colocaram o mundo à mercê de comportamentos selvagens e resultados que atrasam o desenvolvimento da raça humana. Não somos inimigos uns dos outros por que discordamos! Melhoramos o mundo a cada minuto quando construímos um debate sadio e convergimos naquilo que todos querem, ainda que discordem dos métodos. Amigos... Eu prefiro um estado que esteja longe de mim e dos meus anseios, outros o querem cuidando de tudo em suas vidas! Discordamos, mas só o debate com argumentos pode construir algo de relevante através da discordância. Essa guerra só vai nos conduzir a um atraso que poderá levar décadas para ser corrigido! Sei que tem gente que recebe para ofender e desestimular pensamentos como os meus e acho isso completamente normal! Não estou criticando vocês, meus caríssimos Anônimos que entram no meu blog só para me agredir! Na realidade acho mesmo que vocês é que estão certos... O burro sou eu mesmo que tenho de suar a camisa para sustentar meus vícios! Para vocês apenas digo que gostaria que houvesse menos irresponsabilidade nas afirmações grotescas de que há uma guerra entre pobres e ricos. Pensemos...

Quando foi que um evento como a Copa foi realizado para pobres assistirem, senão pela televisão? Nunca por que esse é um evento para um "estado independente", que é a FIFA, ganhar dinheiro e não o país que é escolhido para o evento. Não fui e nem sou contra a realização da Copa no Brasil. Até entrei em debates na época contra as pessoas que não queriam o evento aqui (e olha que muita gente não queria já naquela época!). Que bobagem é essa de que não há gente com cara de pobre nos estádios, só rostos bonitos? Qual é a cara de um pobre? O que o ex-presidente quis dizer com essa merda? A Dilma tem cara de pobre? O que é ser pobre para essa gente? Ninguém que esteve mais de um ano na política sabe o que é estar sem o que é necessário para se viver! Lula não sabe o que é pobreza graças a sua mãe! Os estádios só tem gente branca, logo, apenas ricos estão presentes? Para o Lula faltou tinta no rosto das pessoas? Por acaso os jogos dos times africanos contavam então com ingressos adquiridos por cotas? Não há pobres brancos e de olhos azuis nesse país com governantes tão irresponsáveis?

Realmente eu não concordei com a delicadeza com que a "prefidenta" foi homenageada no estádio, mas se foi a elite branca a responsável por aquilo, então no show do Rappa foi a elite parda e afrodescendentezinha que predominou. Não! Não é pra justificar nada! Mas, também acho uma baita falta de sacanagem (como se diz na sábia linguagem do Faciobuquio), uma pessoa como o Lula vir a público dizer que isso é falta de educação! Ora, é mesmo falta de educação! Faltam outras coisas também, mas justamente uma pessoa que nunca consegue terminar uma frase sem incluir ao menos cinco palavrões pode ter o direito de criticar quem os pronuncia? No começo deste mês li uma entrevista que Lula "concedeu" (provavelmente mediante um régio reconhecimento pecuniário) a Mino Carta em sua revista Carta Capital. Aliás... Mino sabe como conduzir uma entrevista sem perguntar nada!. Uma semana depois assisti ao discurso na íntegra do Lula no palanque (que é seu reinado!) repudiando a agressão feita a "prefidenta". São duas criaturas completamente diferentes! No palanque ele rosna, grasna, baba e... Meu Deus! Eu já cheguei a admirá-lo por isso! Mas, quando o discurso convém para posar de vítima... Coitada da Chapeuzinho Vermelho! Em um tribunal, provavelmente no STF atual, ela seria condenada por crime hediondo contra o Lobo mau.

Para encerrar, agradeço o retorno do meu adversário mais fiel, o Anônimo! Cara, você me honra com sua presença infalível. Chego até a corar por tanta devoção que você me dedica! Suas agressões gratuitas são homenagens a minha razão! Agradeço de coração por você me fazer me sentir tão certo quanto ao que escrevo! Tamo junto, mano! Você já ganhou um espaço de honra no meu coração! Ainda voltarei a falar sobre minha comunidade. Para mim, ao menos, o que se refere a Lula, Dilma, meus Anônimos e qualquer fração de pensamento denominada partido político, é apenas uma fraca ilusão que vai se dissipando feito neblina...

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.