Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

DITADURA NÃO SE COMEMORA!


O presidente Jair Messias Bolsonaro é a síntese do tipo de parasita que nos acostumamos a sustentar desde que recuperamos o regime democrático no Brasil. É um rato arrogante que passou quase trinta anos no Congresso sugando nosso suor para garantir sua renda e de seus filhos sem contribuir com nada que equivalesse ao custo que eles representaram ao país. Reitero... Elegeu-se presidente para ser o deputado que nunca foi de fato!

Eu tinha um respeito imenso pelas FFAA do Brasil, o que ficou bem fragilizado depois que o "messias" preencheu quase todos os cargos estratégicos do seu governo com militares e eles revelaram o quanto são medíocres e incapazes a despeito de todos os títulos pomposos que acumularam. Meu alívio só veio a se manifestar devido ao fato de nosso país não estar imerso em nenhuma guerra porque, caso contrário, seríamos a pior piada da história.

Esse respeito só foi restaurado quando os comandantes do Exército, Edson Pujol, da Marinha, Ilques Barbosa, e da Aeronáutica, Antônio Carlos Moretti Bermudez, pediram renúncia coletiva nesta terça-feira (30/3) por discordar do presidente da República, Jair Bolsonaro. Daí me vem o dia seguinte e o general do exército (tem de ser em minúsculo mesmo) Walter Souza Braga Netto solta uma nota sugerindo a celebração do aniversário do golpe de estado ocorrido no dia 31 de março de 1964.

Quando alguns ídolos da esquerda que ocuparam o poder recentemente tentaram reescrever a história e reivindicar para si a glória de terem lutado em favor das liberdades e da democracia - nada mais falso - eu me manifestei contrário a isso... Agora é o inverso! Outra vez, ainda mais falso! Nenhum dos lados buscava defender a democracia ou a liberdade do povo e cada um a seu modo e no seu tempo tentou dissuadir o povo de fato do quanto foram absurdamente negativos para essa nação.

Haverá imbecis em todos os tempos e lugares, mas a narrativa falsa que hoje impera encontrará sua destruição assim como todas as narrativas são desconstruídas quando analisadas a luz da história e dos fatos. Os retardados que hoje imploram por uma intervenção militar estão cegos para o fato de que esse governo é o mais militar de todos os tempos. Basta ver quantos militares na ativa estão presentes nos diversos escalões do governo. E como são incompetentes! A diferença é que hoje não podem mais assassinar os jornalistas como fizeram com Vladimir Herzog e tantos outros calados a força.

Repudio o quanto esse governo tem desconstruído a boa imagem que as Forças Armadas investiram tanto esforço para erigir e agora caminha para a deterioração. Apelo para as valorosas fileiras dos nossos militares que honradas e caladas permanecem diante do fosso que esse presidente vem cavando com a conivência da sociedade civil para que não permitam que ele encontre o fundo.

A ditadura foi um erro e um retrocesso! Nada justifica o desvio que levou ao AI5, nada justifica o sumiço dos corpos, nada justifica a perseguição aqueles que demonstravam convicção contrária ao governo daquele tempo, nada justifica o fechamento do Congresso e a cassação dos direitos dos parlamentares e, acima de tudo, nada justifica o assassinato de Vladimir Herzog. A guerrilha foi uma aberração que nenhum outro interesse possuía, senão, nos aprisionar na sua ideologia, mas nada justifica um Golpe de Estado e o desprezo a Constituição do país.

Ditadura não se comemora em hipótese alguma sob nenhuma justificativa!

Nenhum comentário:

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
7. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.