Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Valdemiro, o cara do Trízimo, compra CNT

Apóstolo Valdemiro Santiago chorando - Um Asno
Vejo na coluna de Lauro Jardim o seguinte trecho: "Maior comprador de horários na TV brasileira, Valdemiro Santiago acaba de acertar a compra da CNT. Valdemiro realiza o sonho de ter um canal na TV aberta assim como o rival Edir MacedoA rede CNT tem sede em Curitiba (PR), com sucursais localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Londrina, Salvador e Brasília. A empresa fazia parte do grupo empresarial Organizações Martinez".

Pois é... O cabra distribui milagres e curas aos baldes em sua empresa (digo, igreja!!!), mas não é capaz de curar o próprio joelho. Para isso recorre aos verdadeiros profissionais da cura: os médicos! É também uma pessoa, no mínimo, criativa; inventou o trízimo (porque pagar só pra um, némessm?). Também é muito inovador; porque pagar um valor à igreja apenas sobre o que você ganha? Melhor pagar sobre o que você gostaria de ganhar, ora!

Então... Já demonstrei na palavra, como diriam alguns pastores a quem respeito de verdade, que essa história de dízimo, como se impõe por certos profissionais (digo, obreiros e apóstolos), muito bem remunerados, está muito longe do que se relata na Bíblia (pode conferir aqui!). Relendo a história, tenho pena dos verdadeiros missionários que se entregam a uma vida de abnegação material, simplesmente porque não podem dividir o seu tempo com ocupações "empresariais" escolhendo a dedicação plena ao Evangelho. Vejo que, para muitos, o sacrifício dos mártires e os verdadeiros comprometidos com uma obra maior foi em vão. O sangue de muitos e as páginas das escrituras serviram de argamassa para que uns poucos desfrutassem de seu sacrifício para erigir formosos palácios em nossa era.

Não! Não sou contra a prosperidade! Sou contra a exploração dos apetites mundanos como se o deus que professam algum interesse tivesse nessa classe de fraquezas. Já expus meu ponto de vista, baseado nas escrituras, contra esse avanço de uma dita teologia da prosperidade no caso de Silas Malafaia (link aqui). Hoje, alguns "homens de deus" preferem "ferrar" revistas que tornam público suas fortunas a justificarem as suas ações financeiras e explicar porque a prosperidade chega mais a alguns do alto escalão da igreja do que aos seus fiéis. Mais uma vez reitero, a recompensa oferecida pelo introdutor dessa prática - o Apóstolo Paulo - nem de perto é a financeira. Os textos referem-se a uma espécie de satisfação espiritual.

Não entro no mérito da questão de que todas as igrejas possuem trabalhos sociais que alcançam muito mais a sociedade do que o verdadeiro responsável: o estado. Contudo, ao engarrafar, rotular e comercializar a vontade de Deus, esses homens e mulheres corrompem o verdadeiro propósito da religião. Daí o grande sectarismo existente e tão poucas pessoas sérias no assunto. Eu poderia listar um grande número de pastores e pastoras nobres e conscientes com sua responsabilidade de todas as religiões, mas que não conquistam tanta expressividade quanto esses senhores. Esses fabulosos empresários (não são mais que isso), são habilidosos na arte de convencer e extrair contribuições, jamais de aproximar os seres em uma comunhão eterna com sua origem divina. A religião, como negócio, está afastando as pessoas da verdadeira razão de existirmos.

Eu consigo admirar alguns desses homens quando defendem algumas posições. São pessoas articuladas, muito bem preparadas para a liderança e a condução. É o caso de Malafaia que mais concordo do que discordo em diversos pontos, mas... Quem tem dinheiro para administrar, pouco tempo possui para dedicar as questões divinas.

2 comentários:


  1. Olá, Já pensou em ganhar dinheiro através do Facebook?
    Cadastre-se agora na MulticlickBrasil e Mude de Vida!!
    Acesse o site http://www.multiclickbrasil.br.com para saber mais detalhes sobre esta empresa que esta compartilhando sonhos!!!

    lidermultick@hotmail.com

    Andre Alves da Silva

    ResponderExcluir
  2. Nice site Alaine

    Check out my webpage :: what annuity; ,

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.