Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Podem me xingar! Eu não vendi meu voto, mas que teve gente que vendeu... Ah, isso teve!

Eleições Anuladas em Birigui - Um Asno
Podem soltar os cachorros de vez! Se já me xingavam antes, agora nem se fala! Estou cada dia mais convencido de que as coisas são como de fato estão descritas no processo de cassação do ex-prefeito Pedro Bernabé. A cada dia que passa me embrenho mais nos fatos e constato o que já deveria ser público a essa altura. Primeiro: haverão novas eleições em Birigui e fim de papo!; Segundo: faça-se justiça! Fabrício Albani, o proclamado Judas do Facebook, não vendeu dossiê coisa nenhuma, nem tampouco o entregou de graça ao adversário de Bernabé. Está mais do que na hora de especulações e boatos cessarem nessa cidade. Terceiro: houveram compra de votos às pencas em Birigui e DE AMBOS OS LADOS! Apenas me posiciono favoravelmente mais a um do que o outro porque não concordo que se pose de correto enlameando o outro.

Que fique bem claro! A esta altura minhas linhas tem tanta validade para os eleitores de Bernabé, quanto minhas duras críticas ao seu oponente. Não ligo, não escrevo para me mostrar ou ganhar simpatizantes. Já me manifestei aqui que considero Pedro Bernabé melhor para a cidade do que Roque, mas esta é minha visão particular quanto a personalidade de ambos. Não aprovo a metodologia do "Fala o Sujo do Mal Lavado e o Roto do Esfarrapado" que se instalou nesta cidade ultimamente. Me atrevi a defender o juiz Carlos Gustavo de Souza Miranda e sua sentença embasada na lei... Levei pedra! Ousei afirmar que houveram compras de votos de ambos os lados... Levei pedra! Agora ouso afirmar que Fabrício Albani não é a causa do calvário de Pedro Bernabé e Carlos Vendrame! Atirem as pedras, o tempo corrige os equívocos! Quando se trata do jogo pelo poder, pessoas boas também falham, mas a dedução e o fanatismo político não devem servir de combustível para incendiar a vida de uma pessoa porque fez a escolha certa ao responder francamente em juízo.

Outros meios seriam muito mais prováveis para que os tais documentos viessem a cair no colo de Roque Barbiere. Campanhas sempre contam com infiltrados! Bernabé foi menos malicioso que seu adversário. Paciência! Vacilou... foi cassado! Que o episódio sirva de lição para os profissionais que sempre aparecem para comercializar seus votos a cada pleito realizado em nossa cidade! Um dia... pode ser que só eles é que venham a se ferrar...

5 comentários:

  1. Parabéns pelas informações que foram postadas. Ao meu ver não interessa se Pedro Bernabe é inocente ou não, houve fraude na eleição, então tem que haver outra. E se provado que ele sabia, ele deve ser cassado mesmo, afinal a lei é para isso para punir os culpados e servir de exemplo para acabar com esta compra de votos.

    ResponderExcluir
  2. asno, a lei e clara, diz que documentos adquiridos de forma ilicita nao serve como prova certo? bom vamos la, se os documentos estavam no carro do fabricio e de la sumiram, assim esta no depoimentos, alguem retirou de la, e misteriosamente aparece nas maos do roque, entao o roque e quem roubou ou o receptador, mas com tudo isso, com depoimento do fabricio, com documentos "roubados" o juiz deu a sentença, o fabricio nao vendeu e nao entregou assim esta no depoimento, esses documentos estavam na responsabilidade do fabricio, que por sinal o processo so nao teve fim, pelo ego do fabricio, que irritado com a negativa de ser um secretario (coisa que nao poderia pois seu pai ja e) fez um depoimento mentiroso , pra prejudicar uma cidade e nao uma administraçao, a lei e clara com respeito a compra e recebimento de quantia para adquirir votos, Art. 299. Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou promover abstenção, ainda que a oferta não seja aceita.
    Pena – Reclusão até 4 (quatro) anos e pagamento de 5 (cinco) a 15 (quinze) dias-multas
    so sera possivel entender a trama que por sinal so pode ter sido arquitetado pelo fabricio, pois se os documentos era de responsabilidade dele, se estava no carro dele e de la sumiram, isso so sera possivel desvendar quando o juiz começar a processar todos as pessoas que estao na lista, lista essa de pessoas que trabalhavam na campanham e que o fabricio mentiu quando disse que sao de pessoas que venderam seus votos, essas pessoas sim deveriam ser ouvidas, pois a sentença so foi baseada na acusaçao, so ouviu uma pessoa da lista, que por sinal onde ela mora tinha bandeiras do roque, como trabalhou pro pedro? ai sim se as pessoas da lista forem chamadas, ai vera a verdade, enquanto isso o fabricio vai posar de bom moço, eu ate acreditava na versao dele,mas depois do del no radio ta comprovado que e um grande mentiroso,e so perguntar pro pai dele se ele AMA mesmo, pois o pai e tratado como, vagabundo, sem vergonha, canalha, esse sao os adjetivos que o pai recebe dele, bom quem vive por perto sabe disso, olha asna vc tera noticias boas pra divulgar neste grande espaço que vc tem , grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Asno, chupa essa! Liminar dada, 7 x 0 a favor dos relatores! nunca mais diga"Ex-prefeito de birigui Pedro Bernabé". Provas? você é teimoso, e achava que voce fosse mais esperto quando julga um caso. Você que é um jornalista investigativo e gosta de estudar, já pensou em dar uma olhada nos "papéis do Fabrício (que foram roubados) que são provas? Papéis rascunhados de letras diferentes e escrito de qualquer jeito. qualquer um poderia ter feito aquilo e em qualquer hora!! Testemunha que voce diz q não foi comprada? O cara trabalhou as dua ultimas eleições do lado do deputado! Por que será que foi dada a liminar hein? Que delícia dizer isso a você Asno, que acaba sendo injusto em não investigar um processo e apenas confiar numa decisão de um juiz: Chupas, Asnito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estou entendendo sua euforia! Até parece que fui eu que entrei com a ação contra Bernabé! Nunca afirmei que Pedro Bernabé havia comprado votos, até me posicionei contra quem o denunciou porque sei (e isso eu afirmei e continuo afirmando), que houve compra de votos SIM!, e de ambos os lados! Se foi vereador, coordenador, puxa-saco, são outros quinhentos. Compra de votos em Birigui já é uma doença de muitas gerações e não vai se extinguir com esse infausto evento. Além do mais, o processo não foi extinto, continua tramitando. Não torço contra Bernabé, critico todos que compraram e venderam votos nessa e em todas as eleições. Quanto as provas, elas não determinaram a liminar. Foram acolhidas inicialmente porque os advogados não conseguiram provar que foram apresentadas de forma ilícita. Também não poderia afirmar que Roque Barbiere comprou algum voto, mas sei que muitos venderam, inclusive pessoas que conheço muito bem. Se eu afirmei antes, e continuo afirmando que houve compra de votos de ambos os lados é porque conheço quem vendeu. E digo mais! Venderam e não votaram em quem comprou (ao menos é o que dizem)! À propósito, faça a caridade de se identificar, porra! Já estou perdendo a paciência de ter de ficar respondendo a genéricos.

      Excluir
  4. e meu querido asno, sei que vc fez uma defesa ao fabricio, mas sem ter dado uma olhada nos documentos anexados, fez um comentario baseado na sentença do juiz, mas uma coisa e clara, o dia que vc ter acesso a documentaçao apresentada pelo fabricio, ai sim, tenho certeza que vc ira retirar tudo oque falou, pois o homem ta sujeito a erros e acertos, e voltar atras e um sinal de sabedoria, pois qualquer um de nos estamos sujeitos a erros,vc e um cara admiravel por mim saiba disso,grande abraço

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.