Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

E se os professores decidissem puxar um fumo para chamar a atenção da imprensa?

Greve nas Universidades Federais
Se os professores das universidades federais querem que seus movimentos reivindicatórios sejam notícia, devem migrar para as universidades estaduais de São Paulo — USP, Unicamp e Unesp. Ao menos enquanto o PT estiver no poder. Não sei se entenderam a ironia da coisa…
46 universidades federais e dois institutos técnicos em greve. A maioria está parada há 49 dias. Os profissionais revindicam a apresentação de um plano de carreira. Em algumas unidades, reclamam da falta de condições adequadas de trabalho.

Na USP, por exemplo, tudo é notícia. Há dias, um grupelho de maconheiros se reuniu para queimar mato na universidade. Havia uma multidão de… 20 pessoas (!!!), num universo de mais de 80 mil alunos. A turma ganhou alto de página nos jornais. Alguns cronistas resolveram fazer digressões sobre o caráter, digamos, “progressista” daquela manifestação.
A greve nas federais e as péssimas condições de trabalho em muitos campi são praticamente ignoradas pela quase totalidade da imprensa nacional. É como se não existissem. Há cursos funcionando em barracões. Há esgoto a céu aberto. Faltam laboratórios. E, no entanto, um grande silêncio.

Quando uma informação ou outra chegam aos jornais, não se toca no nome daquele que comandou a área durante seis anos: Fernando Haddad. É o autor do modelo que está aí, que faz dele, segundo Lula no programa do Ratinho, “o maior ministro da Educação que este país já teve”. Talvez os professores das federais devam queimar um fuminho no campus. Maconha é sempre uma pauta muito influente…
Só para arrematar:  no ano passado, boa parte das federais ficou em greve por quatro meses. Ninguém deu a menor pelota. Se a greve não serve para desgastar tucanos, então não é notícia.
 
Por Reinaldo Azevedo

2 comentários:

  1. É as pessoas valorizam quem quer fumar maconha e não dão valor nenhum ao professor, é realmente triste. Quem país (quintta economia do mundo) é esse?
    Apropósito, muito bom o blog, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Não culpo só a imprensa, lógico ela influencia e muito, mas a população me preocupa demais, as pessoas perdem muito tempo com coisas mesquinhas e quando realmente se trata de algo sério poucos param para prestar atenção, vejo isso na minha roda de amizades, quantos falam em política, quantos realmente estão preocupados com o futuro do país, infelizmente são poucos.

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.