Observatório Social de Birigui

Últimos Artigos
recent

Ministra do Meio Ambiente critica a miopia ambiental. Não é que ela está certa???


Izabella Teixeira - Um Asno
Por Luciana Nunes Leal, no Estadão:A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, criticou nesta segunda-feira, 11, as discussões sobre indicadores socioambientais que não levam em conta questões de governança e gestão, ao defender as medidas do governo para estimular o consumo, como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de carros. “Tem limite para a miopia ambiental”, disse Izabella a uma plateia formada principalmente por ambientalistas. Segundo ela, as medidas de estímulo ao consumo não são incompatíveis com o debate da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), que começa amanhã, no Rio, e reunirá mais de cem chefes de Estado.
Temos de debater como gente grande. Está na hora de debatermos as unidades de conservação, a regularização fundiária, o acesso à informação com conhecimento técnico e científico. Vamos acabar com o achismo ambiental”, disse a ministra durante o seminário Brasil Sustentável - O Caminho para Todos. Izabella repetiu a expressão que usa com frequência para designar as teses radicais de defesa do meio ambiente que não consideram aspectos de governo, administrativos, econômicos e políticos.
Sobre as medidas para estimular que a população consuma, a ministra afirmou, em entrevista, que “medidas de curto prazo não podem ser confundidas com a discussão de médio e longo prazo da Rio+20, em que será feito um debate para os próximos 20 anos sobre o futuro do planeta sem falar em crise, em guerra”.
Izabella justificou: “A questão do IPI é para solução de crise de curtíssimo prazo, temos empregos, a indústria que está em jogo”. Para a ministra, essas medidas emergenciais não impedirão um esforço dos países para “pactuar um novo padrão de consumo, já que é insustentável repetir os modelos atuais”.
Há dois meses, a presidente Dilma Rousseff também foi enfática ao advertir ambientalistas de que o governo não mudaria seu projeto de aumento da oferta de energia e de desenvolvimento, ao defender a construção de hidrelétricas na Amazônia. “Pessoas contrárias (às hidrelétricas) vivem num estado de fantasia”, disse ela em maio, durante reunião com os integrantes do Fórum do Clima.
(…)
Nem preciso dizer que concordo! Basta fazer uma busca no blog por Aquecimento Global que entenderão porque apoio a ministra neste caso.

2 comentários:

  1. A quem não concordar, tem dúvidas?acompanha o julgamento no STF a leitura do processo feito pelo DIGNÍSSIMO JUIZ JOAQUIM BARBOSA, veja o que os crápulas manipularam a mando do então presidente Lula.

    ResponderExcluir
  2. TODA A GRANDEZA E HISTÓRIA BRASILEIRA PASSA QUANDO O TRANSPARENCIA BRASIL PERMITE A CONFERENCIA DE TODOS OS DADOS DAS ARRECADAÇÕES E GASTOS DA VERBA PÚBLICA BRASILEIRA DISPONIBILIZADOS NA INTEGRA PARA CONFERENCIA DO CIDADÃO QUE PARA SEUS TRIBUTOS E PRECISA CONFERIR SEUS EXTRATOS E ASSIM EXERCER OS DIREITOS LIVRES E DEMOCRATICOS NO BRASIL DA ERA MEDIEVAL QUE O ESTADO DESCONTROLADO ENSITA A VIOLENCIA E O DESCASO PÚBLICO SUBSIMANDO A CAPACIDADE DOS SEUS CIDADÃOS TODOS OS GASTOS E SALARIOS PAGO PELO ESTADO DEVERÃO ESTAR DISPONIVEL PARA VERIFICAÇÃO E CONFRONTAÇÃO DOS FUNCIONARIOS PÚBLICOS BRASILEIRO QUE RECEBEM SEUS SALÁRIOS DO ESTADO ISSO É DEMANDA IMEDIATA PARA UM BRASIL NOVO E SEM CORRUPÇÃO DESSA FORMA EVITAREMOS QUE O HERÁRIO PÚBLICO SEJA PROTEGIDO POR VANDALOS ARROMBADORES DA VERBA PÚBLICA BRASILEIRA

    ResponderExcluir

1 - Qualquer pessoa pode comentar no Blog “Um Asno”, desde que identifique-se com nome e e-mail.
a) Em hipótese alguma serão aceitos comentários anônimos.
b) Não me oponho quanto à reprodução do conteúdo, mas, por uma questão de responsabilidade quanto ao que escrevo, faço questão que a fonte seja citada.

2— Não serão aceitos no Blog “Um Asno” os comentários que:
1. Configurem qualquer tipo de crime de acordo com as leis do país;
2. Forem escritos em caixa alta (letras maiúsculas);
3. Estejam repetidos na mesma ou em notas diferentes;
4. Contenham insultos, agressões, ofensas e baixarias;
5. Reproduzam na íntegra notícias divulgadas em outros meios de comunicação;
6. Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;
7. Contenham links de qualquer espécie fora do contexto do artigo comentado;
8. Contenham qualquer tipo de material publicitário ou de merchandising, pessoal ou em benefício de terceiros.

Tecnologia do Blogger.